Dieta Dukan

A dieta Dukan é uma das melhores formas de emagrecer e manter-se magro.Para aqueles que querem um método eficaz de emagrecer, a dieta Dukan…

A dieta Dukan é uma das melhores formas de emagrecer e manter-se magro.Para aqueles que querem um método eficaz de emagrecer, a dieta Dukan tem ganhado cada vez mais visibilidade, por ser a dieta seguida pela Princesa Kate Middleton antes do casamento. Atualmente conhecida como “A dieta da princesa”, ela também leva o nome de dieta francesa, devido à nacionalidade de seu criador, o médico Pierre Dukan. É uma dieta que estimula a perda rápida de peso sem muitos prejuízos a saúde.

Essa dieta comporta carnes magras (Foto: Mdemulher)

Essa dieta comporta carnes magras (Foto: Mdemulher)

Dieta Dukan: entenda os prós e contras

Existem muitas vantagens nessa dieta e a maior delas é comer a vontade os alimentos permitidos. Ao contrário de muitas outras dietas que você tem que ficar contando as calorias ingeridas, nessas dieta vale tudo, desde que siga os alimentos permitidos. Além disso, é possível emagrecer muito rápido, elevando a sua motivação. O lado ruim é que dá trabalho ficar cozinhando o tempo todo e é necessário isso para dar certo essa dieta. Além disso, ingerir somente proteínas pode causar muitos desconfortos, como mau hálito, mau humor, dores de cabeça e até problemas com a digestão e evacuação. É necessário beber muita água, pois o excesso de proteína sobrecarrega os rins e isso pode ser perigoso. Antes de fazer essa dieta, procure um médico.

  • Prós e contras da Dieta Dukan para emagrecer

A Dieta Dukan, uma variação da dieta de proteínas, ganhou destaque por conseguir adeptos, como a Princesa Kate Middleton, e se tornou bastante popular entre as mulheres que desejam perder as gordurinhas localizadas e evitar o efeito sanfona, mantendo o peso ideal. O processo é dividido em quatros fases (de ataque, transição, consolidação e estabilização) e possui a vantagem de permitir que se coma à vontade. Conheça os prós e contras da Dieta Dukan para emagrecer.

– Fase de ataque

A primeira fase da dieta é a mais radical e dura sete dias. Nesse momento o foco principal é evitar o consumo de carboidratos e gorduras, com ingestão apenas de alimentos proteicos. É permitido comer carnes magras, fígado, aves, carne branca, frutos do mar, iogurte, queijos, ovos e leite desnatado.

Prós: Restringir a alimentação ao consumo de proteínas é uma maneira bastante rápida de emagrecer, o que dá mais motivação para continuar a dieta. Outro fator que faz a diferença é a possibilidade de poder comer qualquer alimento desse grupo em qualquer quantidade ou horário.

Contras: Privar o organismo de carboidratos, a principal fonte de glicose, pode trazer alguns prejuízos, como falta de energia para realizar as atividades cotidianas, lentidão de raciocínio, sonolência e irritabilidade. A obtenção de energia a partir da gordura ao invés do carboidrato, libera substâncias chamadas de “corpos cetônicos”, que em altas concentrações podem prejudicar o funcionamento celular e causar desconforto e até mau-hálito.

Saiba como fazer a Dieta Dukan passo-a-passo.

– Fase de transição

Essa fase dura por tempo indeterminado, até que se atinja o peso desejado. Alguns legumes e verduras podem ser consumidos, mas um dia da semana deve ser separado para o consumo exclusivo de proteína.

Prós: Semelhante à fase anterior, o consumo de carboidratos é baixo, enquanto que o de proteínas é elevado, o que proporciona rápido emagrecimento. As carnes devem ser magras e os alimentos cozidos com o mínimo de óleo possível. O resultado é uma redução das gorduras maléficas ao organismo.

Contras: O valor nutricional das refeições continua sendo pobre, apesar da presenta de vegetais e leguminosas. A falta do consumo de frutas pode ocasionar carência de vitaminas e minerais.

– Fase de consolidação

Essa fase dura 10 dias para cada quilo que foi perdido. É o momento onde são reintroduzidos alimentos como frutas, pão integral, queijo amarelo, batata e arroz. Apesar da maior variabilidade de produtos permitidos, ainda é necessário fazer uma refeição por semana só de proteínas.

Prós: Nessa etapa o organismo é capaz de funcionar melhor, pois são reintroduzidas importantes fontes de carboidratos, como os pães e o arroz. A oferta de vitaminas e minerais é maior.

Contras: A quantidade de glicose disponível para o sistema nervoso central continua sendo baixa, o que pode afetar até mesmo a capacidade cognitiva. Devido à intensa restrição das fases anteriores, que faz com que o organismo perca massa magra (músculos) junto com a gordura além de lentificar o metabolismo, é possível que, nessa fase, o corpo comece a estocar a glicose consumida na forma de gordura.

– Fase de estabilização

O ideal é que a quarta seja feita por toda vida, para manter o peso. Esse último estágio é baseado em três regras: repetir a fase de ataque uma vez por semana, praticar atividade física e manter o consumo de três colheres de aveia diariamente. No demais, a alimentação volta ao normal.

Prós: A ingestão de fibras diariamente, representado pelas colheres de aveia, ajuda no funcionamento gastrintestinal. A orientação de realizar uma atividade física e manter uma dieta equilibrada são as regras básicas para emagrecer e conseguir manter o peso.

Contras: A recomendação de seguir uma dieta equilibrada é bastante subjetiva, pois não existe nenhuma especificação quanto o tipo de alimentos ingeridos, nem quantidade de refeições ou de cada alimento, o que pode acabar favorecendo o descontrole e o ganho de peso.

A Dieta Dukan consiste numa mudança alimentar realizada em quatro fases e que deve durar por toda vida. Apesar de prometer resultados super satisfatórios e ainda evitar o temido efeito sanfona, como qualquer outra dieta possui pontos negativos que devem ser analisados com cuidados.

Leia Também:  Passo a passo para ter um cabelo com volume

Confira a lista com as dietas ruins que estão na moda.

Dá para comer bem fazendo essa dieta (Foto: Mdemulher)

Dá para comer bem fazendo essa dieta (Foto: Mdemulher)

Uma dieta em quatro fases

 A dieta Dukan tem um período pré-estipulado, além de fases com objetivos distintos que são a fase do ataque, fase da velocidade, fase da transição, fase da consolidação e fase da estabilização.

A duração das fases da dieta varia de acordo com o peso que se deseja perder. Algumas das desvantagens dessa dieta é que existe a possibilidade de falta de vitaminas, fibras e sais minerais pela alimentação basicamente proteica. Também pode causar cansaço pela falta de carboidratos e prisão de ventre.

As vantagens estão na grande perda de peso no primeiro mês, manutenção da massa muscular, não passa fome pois as proteínas causam saciedade, é uma dieta com um cardápio variado que não se torna repetitivo então não enjoa e pela grande variedade, é fácil de seguir.

Uma fase de proteínas puras

A primeira fase é chamada de fase da velocidade ou da proteína pura. Nesta fase ocorre a primeira perda de peso, é a fase da velocidade onde só se ingere proteína. Se desejar perder 10 quilos, é recomendado que essa fase dure 3 dias, se quiser eliminar mais de 10 quilos, o ideal é que ela dure cinco dias e no máximo 10 dias, caso queira eliminar até 20 quilos.

Nessa fase você pode comer: vitela, carne de vaca, carne de aves sem a pele (menos pato e ganso), fiambre ligth, ovos, tofu, presunto, todo o tipo de peixes e mariscos, lacticínios magros, e é preciso beber 1,5 litros de líquidos, sendo permitidos água, café e chá com adoçante.

Fase das Proteínas e Legumes

 A segunda fase é chamada de fase da transição, essa fase deve durar até que atinja o peso estipulado, se seu objetivo é eliminar 10 quilos, na primeira fase você irá eliminar 1 quilo aproximadamente, então deve seguir com a segunda fase até eliminar os outros nove.

Nesta fase são permitidos todos os alimentos da primeira fase, além de: Tomate, pepino, rabanete, espinafre, aipo, erva-doce, alface, acelga, berinjela e pimentão. Ainda ficam proibidos batata, arroz, milho e abacate.

Fase de consolidação

A fase da consolidação chega para manter os quilos perdidos nas primeiras duas fases. A perda de peso ocorre nas fases da velocidade e da transição, mas esta é a fase que preserva seu peso e impede que volte a engordar. Ela deve obrigatoriamente durar 50 dias.

Nesta fase, além dos alimentos permitidos nas outras duas fases, ainda entram as carne brancas, ovos, todos os peixes e mariscos, lacticínios magros, legumes cozidos e crus, 1 peça de fruta por dia, mas, evite as bananas, as uvas e as cerejas, pão integral (duas fatias por dia), 2 refeições por semana (massa, arroz, batatas …).

Fase da estabilização

Nesta fase a alimentação normal retorna, mas ainda assim muito equilibrada, além disso é necessário 3 colheres de germem de trigo e três colheres de aveia por dia para regular a flora intestinal e deve-se, obrigatoriamente, escolher um dia por semana para cumprir apenas a primeira parte da dieta.

Emagrecer com essa dieta é mais simples do que parece (Foto: Mdemulher)

Emagrecer com essa dieta é mais simples do que parece (Foto: Mdemulher)

Dieta Dukan: Como Fazer

Conheça tudo a respeito da Dieta Dukan, como fazer e detalhes sobre as fases do programa de emagrecimento. Nessa matéria também iremos apresentar os alimentos permitidos e os alimentos proibidos, com o propósito de ajudar a alcançar os resultados esperados.

A Dieta Dukan foi criada por um médico francês Dr. Pierre Dukan. Por esse motivo também é conhecida por dieta francesa, ou dieta protal. Como o próprio nome já sugere, é uma dieta composta basicamente de proteína. É preciso tomar cuidado com os exageros e saber dosar a quantidade de alimentos.

A busca por um corpo perfeito é algo presente na vida de milhares de pessoas. Resistir às tentações e praticar atividade física é o básico para começar a emagrecer, mas o mais difícil de fazer na opinião de muitos. A maioria procura uma receita milagrosa, algo que você não passe fome e não precise se matar dentro de uma academia. Infelizmente não existe um método assim que seja saudável. Existem remédios no mercado que ajudam no controle do peso, mas não são recomendados por muitos médicos.

Leia mais: Prós e contras da Dieta Dukan para emagrecer

Dieta Dukan Como Fazer

A Dieta Dukan para emagrecer é um verdadeiro sucesso, pois você pode eliminar até mais de 10 kg. A duração varia dependendo de sua alimentação e de cada organismo. É uma dieta lenta e progressiva, mas você já percebe resultados nos primeiros dias do procedimento. Ela pode ser usada por homens e mulheres. É ideal para quem faz musculação, pois a proteína ajuda na formação do tecido muscular. A dieta promete perder peso de forma progressiva e saudável.  A Dieta Dukan é composta por 4 fases. Em cada fase você se alimenta de determinados alimentos e líquidos.

Muitas pessoas estão pesquisando sobre Dieta Dukan como fazer. É uma dieta simples e que vem sendo altamente recomendada por especialistas no assunto. Você emagrece devagar e com saúde. Evite gorduras e doces, sem falar em refrigerantes e demais porcarias. A seguir está o cardápio da Dieta Dukan e como proceder em cada dia e fase. Antes de iniciar qualquer dieta, procure um nutricionista, endocrinologista ou qualquer especialista da área de alimentação.

Fases da Dieta Dukan

Para que a dieta Dukan funcione, é muito importante respeitar as fases. Confira:

Fase 1

A primeira fase da dieta é a mais restritiva, já que o cardápio é elaborado apenas com proteínas puras (PP). Os alimentos permitidos são: vitela, carne de vaca, carne de aves sem a pele, peixes, ovos, tofu e lacticínios magros. Também é importante consumir 1,5 litros de líquidos por dia, incluindo água e chá.

Na fase inicial da dieta, que dura de 3 a 7 dias, é fundamental evitar todos os tipos de carboidratos.

Fase 2

A segunda fase da dieta propõe uma alternância de proteínas (PL). Durante o período de uma semana, a pessoa pode consumir os alimentos da fase 1 e adicionar outros itens ao cardápio, como tomate, berinjela, pepino, rabanete, espinafre, aipo, pimentão e acelga. As frutas, os alimentos ricos em carboidratos e doces ainda são proibidos.

Leia Também:  Maquiagens que estarão em alta no verão 2015

Fase 3

A terceira fase, conhecida como transição, dura 10 dias por cada quilo que você perdeu nas duas fases anteriores. Por exemplo: se nas fases 1 e 2 você perdeu 5 kg, a terceira fase tem obrigatoriamente que durar 50 dias. É permitido consumir carne brancas, ovos, peixes e mariscos, lacticínios magros, legumes cozidos e crus, 1 fruta por dia, 2 fatias de pão integral por dia e 2 porções de carboidratos por semana.

Fase 4

A quarta fase da dieta é considerada uma etapa de consolidação e estabilização. Ela permite todos os alimentos das fases anteriores e obriga a consumir três porções de frutas por dia. O consumo de doces e carboidratos, por sua vez, não pode ser superior a duas vezes por semana.

A proteína é a estrela da Dieta Dukan (Foto: Mdemulher)

A proteína é a estrela da Dieta Dukan (Foto: Mdemulher)

  • Aprenda a fazer a Dieta Dukan definitivamente

Aprenda a fazer a Dieta Dukan, uma reeducação alimentar dividida em quatro fases que aumenta a ingestão de proteínas e reduz consideravelmente a quantidade de carboidratos das refeições. As mudanças alimentares prometem eliminar 5 quilos apenas na primeira semana de dieta.

A dieta Dukan, também conhecida como método Dukan, é um plano alimentar de emagrecimento que foi criado na França pelo médico Pierre Dukan. A popularidade da dieta aumentou a partir do ano 2000, quando o livro falando sobre o método foi publicado. Muitas famosas recorreram às dicas de Dukan para conseguir perder peso, como é o caso de Kate Middleton.

A dieta Dukan emagrece, mas não faz milagres. Durante o programa de emagrecimento, é importante consumir no mínimo dois litros de água por dia e praticar exercícios físicos.

Leia mais: Alimentos Ricos em Proteínas e Carboidratos

Para que você aprenda a fazer a Dieta Dukan, é preciso entender como funcionam as quatro fases do programa de emagrecimento. Confira:

1ª Fase

A primeira fase da dieta Dukan é considerada radical e curta. Ela só permite consumir alimentos ricos em proteínas, excluindo assim qualquer tipo de carboidrato. Neste primeiro momento, o cardápio se limita a carnes magras (grelhadas ou assadas), peito de peru defumado, ovos cozidos, queijo branco e iogurte natural. Nada de frutas ou massas. Duração: de 3 a 7 dias.

2ª Fase

O cardápio da Dieta Dukan é um pouco menos rigoroso na segunda fase, pois permite consumir verduras e legumes. Contudo, os carboidratos ainda não estão liberados. Nesta etapa, os alimentos ricos em proteínas dividem espaço com tomate, pepino, rabanete, cogumelo, couve, alface, acelga, berinjela, entre outros itens. Duração: até 7 dias.

3ª Fase

A terceira fase da Dieta Dukan de proteínas é considerada uma etapa de manutenção, pois além de consumir carnes, ovos, laticínios e vegetais, a pessoa já pode acrescentar 2 frutas e 2 fatias de pão integral por dia. Duração: 10 dias para cada 1kg que se deseja eliminar.

4ª Fase

A quarta e última fase do programa de emagrecimento tem como objetivo manter o peso ideal. A pessoa pode consumir todos os alimentos já citados anteriormente, sendo obrigatório ingerir 3 porções de frutas por dia. O consumo de carboidratos já está liberado nesta etapa, mas não pode ultrapassar duas vezes por semana.

Aprenda a fazer a Dieta Dukan e confira receitas livro “Não consigo emagrecer”, do Dr. Pierre Dukan. A obra explica com detalhes como perder peso rapidamente e sem passar fome.

A nova dieta Dukan agrada mais (Foto: Mdemulher)

A nova dieta Dukan agrada mais (Foto: Mdemulher)

Nova Dieta Dukan: como funciona?

Dukan cria nova dieta para ajudar pacientes a seguir o seu programa até o final e perder peso de verdade até o término do ciclo do programa! Isso porque, mesmo diante das várias histórias de sucesso de pessoas que emagreceram usando o cardápio proposto por Dukan, algumas pessoas não conseguem ficar por anos sem carboidratos, e tantas outras não passam da primeira semana de dieta, comendo só proteína magra e indo poucas vezes ao banheiro por conta disso.

Dukan cria nova dieta para ajudar pacientes

O Dr. Dukan cria nova dieta para ajudar pacientes que querem emagrecer, mas tem medo de não darem conta de passar o tempo necessário comendo somente alimentos da dieta e mantendo o seu peso. Por isso, o médico francês reavaliou o seu programar alimentar e refez a dieta com algumas alterações. Essa novidade chama-se Escada Nutricional, ou seja: você vai aumentar a quantidade de comida e o perfil dela no domingo, depois de passar a semana toda comendo pouco com muitas regras.

Perca de peso menor e chances maiores de não engordar

A perca de peso no caso dessa nova dieta é bem menor, sendo de aproximadamente 4 kg por mês, coisa que o método tradicional acontece em algumas das primeiras semanas de procedimentos. Porém, essa perda de peso gradual acontece de um jeito que ajuda as pessoas a manterem o peso depois, rapidamente. Após atingir o peso ideal você começa a fazer uma vez na semana a dieta normal do Dr. Dukan, comendo proteínas magras e farelo de milho somente. Para que funcione a dieta é necessário beber pelo menos 1,5 litro de líquido, fazer atividades físicas e o farelo de aveia, que ajuda a manter a saciedade.

Regras da nova dieta do Dukan

– Segunda-feira

O que comer: Proteína + 1 ½ col. (sopa) de farelo de aveia

Você pode comer carnes magras, peixes, miúdos, frutos do mar, ovos, aves e laticínios magros (leite e iogurte desnatados, por exemplo). Tudo isso é permitido à vontade ao longo do dia. È necessário fazer pelo menos 10 minutos de caminhada rápida.

– Terça -feira

O que comer: Legumes + Proteína + 1 ½ col. (sopa) de farelo de aveia

Nesse dia adicione a lista da segunda-feira coma legumes. Também pé necessário fazer pelo menos 12 minutos de atividades físicas rápidas.

– Quarta-feira

O que comer: Fruta + Legumes + Proteína + 1 ½ col. (sopa) de farelo de aveia. Frutas frescas estão liberadas, mas as frutas secas estão proibidas. Nesse dia faça 14 minutos de caminhada rápida nesse dia.

– Quinta-feira

O que comer: Pão integral + Fruta + Legumes + Proteína + 1 ½ col. (sopa) de farelo de aveia. São permitas somente duas fatias por dia de pão integral nessa etapa da dieta. Nesse dia faã 16 minutos de caminhada rápida.

– Sexta-feira

O que comer: Queijo + Pão integral + Fruta + Legumes + Proteína + 1 ½ col. (sopa) de farelo de aveia. Faça pelo menos 18 minutos de caminhada rápida por dia.

– Sábado

O que comer: Carboidrato + Queijo + Pão integral + Fruta + Legumes + Proteína + 1 ½ col. (sopa) de farelo de aveia. Nesse dia faça 20 minutos de caminhada.

– Domingo

O que comer: Carboidrato + Queijo + Pão integral + Fruta + Legumes + Proteína + 1 ½ col. (sopa) de farelo de aveia. Apenas uma refeição pode ser feita a seu gosto, com alimentos que esteja com vontade de comer e que não pode por conta da dieta. Faça pelo menos 20 minutos de caminhada por dia.

Receitas para fazer a dieta Dukan

  • Ovos recheados

  • Wrap de frango

. Panini/ Pão Dukan zero carboidratos

 

. Bolo de iogurte Dukan

 

 

Para saber mais, clique aqui no site oficial da dieta.

Você gostou da matéria Dieta Dukan, como fazer”? Tem alguma dica para realizar esse plano alimentar? Deixe o seu comentário!

Top