Dieta alimentar antiestresse

Devido à correria do dia a dia, muitas pessoas acabam se estressando. No entanto, esse problema tão comum, não afeta apenas os adultos. As…

Devido à correria do dia a dia, muitas pessoas acabam se estressando. No entanto, esse problema tão comum, não afeta apenas os adultos. As crianças também sofrem, pois além das provas, elas ainda devem realizar as atividades escolares destinados à idade. Com os adolescentes, isso não é diferente. Porém, eles tem um agravante, a fase do vestibular. Felizmente, existem algumas maneiras de amenizar os sintomas do estresse. Tendo isso em vista, separamos algumas dicas para ter uma dieta alimentar antiestresse.

Conheça algumas dicas de como lidar com o estresse diário.

O estresse atinge um grande número de pessoas, atualmente. (Foto: divulgação)

Combatendo o estresse através de uma dieta balanceada

Após estudos, foi comprovado que uma dieta equilibrada e que contenha os alimentos corretos, é possível combater o estresse diário. Conheça abaixo alguns exemplos de alimentos que são essenciais para uma vida saudável e tranquila.

  • Alface – nos talos e em suas folhas são ricos em substâncias como a lactuncina e lactupicrina que atuam como calmantes naturais;
  • Espinafre e brócolis – eles são ricos em potássio e ácido fólico que são importantes para o funcionamento adequado das células. Além disso, possuem magnésio, fosfato e vitaminas A e C que são responsáveis pelo bom funcionamento do sistema nervoso central e, ainda, previnem a depressão;
  • Peixes e frutos do mar – esses alimentos diminuem o cansaço e a ansiedade, por serem ricos em zinco e selênio;
  • Cereais integrais e chocolate – também são ricos em selênio, por isso também colaboram no combate da ansiedade e do cansaço diário;

    Alguns alimentos são ricos em substâncias relaxantes naturais. (Foto: divulgação)

  • Laranja – a fruta é rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do complexo B, todas essas substâncias promovem o melhor funcionamento do sistema nervoso. Além disso, é um ótimo relaxante muscular, colaborando com o combate do estresse e da fadiga. A ingestão de vitamina C também colabora com a inibição da liberação de cortisol, um hormônio que está relacionado ao estresse do corpo;
  • Castanha-do-pará – esse alimento melhora os sintomas da depressão e ainda auxilia na redução do estresse. Além disso, ela é rica em selênio, uma substância que colabora com a diminuição da ansiedade e do cansaço;
  • Alimentos ricos em vitaminas do complexo B – uma forma de combater o cansaço e o estresse, é consumir alimentos ricos em carboidratos complexos. Além disso, associar a ingestão de proteína magra como o leite em pó, o queijo minas, a amêndoas e a carne é essencial no combate aos sintomas do estresse;
  • Maracujá – diferente do que muitas pessoas pensam, a fruta não é o calmante. Na verdade, as folhas do maracujá que possuem essa função. Elas são ricas em alcaloides e flavonoides, substâncias depressoras do sistema nervoso central e que atuam como analgésicos e relaxantes musculares.

    Uma dieta equilibrada colabora com o combate ao estresse diário. (Foto: divulgação)

Hoje em dia, é muito fácil encontrar pessoas estressadas. Isso se deve a grande correria diária. No entanto, é possível combater o problema através da adoção de uma dieta saudável. Assim, após conhecer alguns exemplos de alimentos que combatem o estresse, basta aderí-los ao seu cardápio e usufruir dos benefícios.

Leia Também:  Acompanhamentos para o fondue de queijo

Saiba mais sobre o estresse em crianças.

Top