Dicionário de paulistanês: conheça as principais gírias da capital paulista

Palavras e expressões como “farol”, “pebolim”, “virado à paulista”, “busão”, “corre”, “é nóis” e “sussa”, entre outras, são bastante conhecidas dos moradores da capital…

Palavras e expressões como “farol”, “pebolim”, “virado à paulista”, “busão”, “corre”, “é nóis” e “sussa”, entre outras, são bastante conhecidas dos moradores da capital paulista, a maior cidade do Brasil, mas podem ter um significado bastante diferente para quem não é da região.

O dicionário de paulistanês pode funcionar como um guia para os turistas que chegarem a São Paulo (Foto: Divulgação)

Como São Paulo será uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo 2014, que acontecerá nos próximos meses de junho e julho, e certamente receberá uma grande quantidade de turistas de todo o Brasil e de diversos países, a prefeitura municipal resolveu criar um guia que reúne tradicionais verbetes do vocabulário paulistano e os seus significados.

Intitulado “Dicionário de Paulistânes”, o guia foi desenvolvido pela São Paulo Turismo (SPTuris), empresa municipal de turismo e eventos ligada à Secretaria Especial para Assuntos de Turismo da Prefeitura de São Paulo.

Contando inicialmente com mais de 150 palavras e gírias típicas de São Paulo, que estão acompanhadas de fotos, áudio e tradução para o inglês, o dicionário online servirá como guia para turistas, visitantes e até mesmo para aqueles moradores que conhecem pouco a respeito dos significados de tais expressões.

Como funciona

Ele é cheio de fotos e descrições para cada uma das gírias e expressões, além de trazer arquivos de áudio, mostrando a pronúncia correta (Foto: Divulgação)

Disponível através do site www.paulistanes.spturis.com.br, o dicionário de gírias faladas em São Paulo é bastante interativo e muito fácil de usar, permitindo a pesquisa através das letras do alfabeto, por meio de várias categorias ou pela barra de buscas, onde basta digitar a palavra desejada. Ao clicar em determinado verbete, é possível ainda conferir exemplos de uso em situações cotidianas.

Leia Também:  Moda militar: dicas, como usar

Na categoria “Gastronomia”, por exemplo, é possível conhecer os significados das expressões dogão, geladinho, média, mistura, pingado e fruta do conde, entre outras, enquanto na seção “Mania de Paulistano” dá para saber o que significam as palavras rotineiramente abreviadas pelos paulistanos, como ibira (Ibirapuera), parça (parceiro) e findi (fim de semana).

Já em “Dialetos da cidade”, o usuário tem acesso às palavras mais utilizadas em determinadas regiões da capital paulista, como as expressões mais comuns em Higienópolis (possui muitos imigrantes judeus), Pari (bolivianos), Bom Retiro (coreanos) e Liberdade (japoneses e chineses).

Você também pode contribuir

O usuário também pode contribuir com novas gírias, que ainda não estejam presentes no guia (Foto: Divulgação)

E se você conhece outras gírias e expressões típicas de quem mora na cidade de São Paulo, mas que por enquanto não estão listadas no dicionário de paulistanês, pode contribuir para incrementá-lo ainda mais.

Basta utilizar a seção “Contribua” do site, citando a(s) palavra(s) em questão e fazendo a descrição dela(s). A sugestão será enviada aos responsáveis pelo site e poderá aparecer em futuras atualizações do dicionário de gírias paulistanas.

Top