Dicas para usar vestidos longos no verão

O verão 2012 está aí e é hora de estar linda para esta época, por isso, saiba como usar vestidos longos, quais estão na moda, cores, estampas e tecidos. […]

Os termômetros já estão marcando temperaturas altas e a mulherada começa a procurar roupas frescas e confortáveis, como saias, shortinhos, blusas leves, entre outros. Entre tantas opções de como ficar poderosa e confortável, uma é a grande aposta do verão 2012: vestido longo. Com tantos modelos, estampas, cores e tecidos, a grande dúvida é como usá-los.

 

Com cores fortes, plissados ou estampados: esses são os longos do verão 2012

Cores e tecidos dos vestidos longos

A consultora de moda da Studio Immagine, Luciana Ulrich, socorre as leitoras mais ávidas e dá dicas. “Vestidos com parte da saia com transparência é tendência nessa estação. Outras são as estampas de cobra, poá, florais delicados e bloco de cores numa mesma peça (color blocking). O branco está super em alta e cores alegres combinam com a estação quente” disse ela.

 

As estampas estão em alta neste verão

Mas não basta apenas saber sobre as tonalidades que estão com tudo, mais do que isso, os tipos de tecidos também são muito importantes para estar em dia com as vitrines. De acordo com a especialista, os mais cotados são renda, crepe de seda, lese, algodão, chamois e plissados, sendo que com esse último é necessário ter cuidado com o volume.

 

A renda dá um toque especial

Onde e como usar esse tipo de roupa

Conhecendo o tipo de tecido e as cores permitidas, é hora de saber se os vestidos longos, tão em voga no momento, podem ser usados em qualquer ocasião, desde o passeio no shopping até um evento mais requintado. Ulrich esclarece. “Depende do tecido da peça: vestidos de seda e paetê podem ser usados em ambientes mais formais; já os vestidos de algodão servem para ambientes informais e descontraídos. O grau de formalidade de um look depende muito da sofisticação e dos acessórios escolhidos” orientou.

Para ficar linda e por dentro do que as passarelas ditaram para esta época do ano, é preciso usar rasteirinhas, sapatilhas ou até espadrilhas, mas com cuidado para não deixar o look muito hippie, anos 70. Além disso, o uso de cintos completa o visual, porém, é preciso ter uns pequenos cuidados, segundo a consultora. “Atenção com cintos largos e de cor contrastante ao vestido: visualmente cortam nossa silhueta nos deixando mais baixas e menos elegantes. Os cintos finos são coringas que valorizam uma produção e não comprometem visualmente a silhueta”.

Com tanta informação, chegou a hora de definir o vestido longo ideal para curtir, mas ainda existe um ponto fundamental que vai fazer toda a diferença nesse instante: o biotipo de cada pessoa. Então como essa escolha será feita?

“ Para as mulheres de tipo triângulo, com quadril maior, opte por modelos com saias sem volume e sem babados. As baixinhas podem usar o longo com um salto para crescer visualmente, desde que cubram o salto do sapato. Para as gordinhas e para quem quer “afinar” visualmente a silhueta: sem babados, nem detalhes como plissado, prega e drapeado, sem textura, de tecidos fluídos que não sejam muito volumosos, estampas pequenas e de cores parecidas sem contraste ” esclareceu.

Top