Dicas para treinar um gato

Embora muitos pensem que apenas os cachorros aprendem truques para brincadeiras ou para um bom comportamento, os bichanos também são animais que aprendem muita coisa. Entretanto, treinar um animal qualquer, para que este faça o que achamos viável, exige boa dose de paciência e, é claro, amor. É importante que sempre pensemos que eles não racionam como nós, embora não seja raro a pessoa exigir inteligência humana de um animal. Mesmo assim, dá para ensiná-los e fazer muitas coisas, que podem melhorar a sua qualidade de vida e a de seus donos. Veja algumas dicas para treinar um gato.

Com paciência e dedicação, dá para ensinar muitas coisas aos gatos (Foto: Divulgação)

Ideias básicas para o treinamento

Primeiramente, deve-se ter em mente que os animais aprendem melhor, por meio de estímulos e gratificações. Isso quer dizer que, sempre que uma ação for precedida por algo agradável ao gato (um prêmio), aos poucos ele irá associar as duas coisas e começará a agir da forma que desejamos. Neste sentido, guloseimas das quais ele gosta são muito importantes. Por outro lado, quando o animal faz alguma coisa que não deve, deverá perceber que o fez, por meio de uma punição. Mas, atenção: punir não significa bater ou ser agressivo de outras formas com o animal. Isso só fará com que ele fique nervoso, raivoso e revoltado. Algo desagradável deve ser feito ao gato, nos momentos em que ele se comporta mal. A seguir, veja como ensinar um gato.

Ele pode aprender a não ficar em lugares inadequados (Foto: Divulgação)

Truques para treinar um gato

Muitos se queixam do local onde o gato decide dormir. Quanto mais aconchegante, mais ele irá pensar que aquele é o lugar ideal para ficar. Se o seu animal decidiu que o sofá dele, experimente colar algumas fitas de dupla face, no móvel (isso vale para outros lugares, também). Ao se levantar, o gato irá sentir um incômodo com os pelos que ficarem grudados na fita. Aos poucos, ele irá abandonar esse hábito e irá eleger outro canto para descansar.

O gato gosta de lugares limpos, inclusive para defecar (Foto: Divulgação)

Toda vez que o gato fizer algo ruim, experimente borrifar água em sua cara. Isso o incomodará, sem machucá-lo. Da mesma forma, sempre que ele fizer coisas boas, dê um petisco a ele. Ensine-o onde ele deve ficar, colocando a caminha perto das vasilhas de água e alimento. Para que o gato se acostume com a caixinha de areia, mantenha-a sempre limpa e longe dos outros cômodos onde vcoê não quer que ele fique. Se possível, deixe-o preso no lugar onde está o banheiro, durante um tempo. Aos poucos, vá liberando os outros ambientes. Assim, ele irá se acostumar com o lugar onde deverá defecar, que deve estar sempre limpo, pois os gatos não gostam de lugares sujos.

Se possível, comece a adestrar o gato enquanto ele ainda é bebê, pois irá aprender com mais facilidade e já crescerá entendo como deverá fazer as coisas.

Saiba como lidar com bichanos nervosos: Gatos agressivos: como lidar

Aprenda a dar banho no animal: Dicas para dar banho em gatos

Reply