Dicas para ser uma boa mãe

Atualmente, é difícil ter muito contato com os filhos, visto que, a maioria das mães tem de trabalhar para ajudar no sustento da casa.…

Por Editorial MDT em 05/01/2012

Atualmente, é difícil ter muito contato com os filhos, visto que, a maioria das mães tem de trabalhar para ajudar no sustento da casa. No entanto, isso não é desculpa para não ser uma boa mãe, pois são em pequenas atitudes que você se torna importante para o seu filho. Sendo assim, siga as nossas dicas para ser uma boa mãe e não se arrepender no futuro por não ter passado tempo o suficiente com as suas crianças.

O carinho é essencial na relação entre mãe e filho. Por isso, dedique o seu tempo disponível para encher a sua criança de abraços e beijos. Assim, ela vai se sentir segura, querida e muito feliz, já que o contato físico é muito importante para o desenvolvimento do ser humano.

O carinho é essencial para a criança (Foto: Divulgação)

Ao chegar do trabalho, mesmo que esteja exausta, sente-se no chão com o seu filho e brinque com ele pelo menos por 15 minutos. Desse modo, ele se sentirá importante e contente por você estar compartilhando desse momento tão particular para ele.

Na hora de dormir, vá ao quarto do seu filho e leia um livrinho até que ele durma. Então, ele terá bons sonhos e se sentirá protegido ouvindo a voz da sua mãe no escurinho do quarto.

Ler para o seu filho traz proteção e carinho. (Foto: Divulgação)

Além disso, tire um tempo para conversar com esse ser pequenino. O diálogo entre mãe e filho é importantíssimo para que você entenda os desejos, as necessidades e as alegrias da sua criança. Sendo assim, sempre que possível, olhe nos olhos do seu pequeno e, com paciência, escute o que ele tem a dizer, porque você poderá se surpreender com a riqueza do seu mundo. Quando ele crescer, vai te agradecer muito por ter compreendido os seus sentimentos.

Para ser uma boa mãe, você também tem de aprender a dizer “não”, pois nem tudo pode ser permitido, ou você estará criando uma pessoa mimada, dependente e completamente irresponsável. Portanto, não dê tudo o que o seu filho pede e nem faça tudo o que ele quiser, sabendo impor limites ao que não lhe for possível.

A criação dos filhos está cada vez mais difícil, pois o trabalho, a casa e o trânsito consomem muito do nosso tempo. Contudo, se você souber dosar o seu tempo no trabalho e em casa, você conseguirá ser uma boa mãe com muita paciência, dedicação e carinho.

 

 

Top