Dicas para reduzir o suor das axilas

Dicas para reduzir o suor das axilas

O suor excessivo (que tem nome científico “hiperidrose”) incomoda muitas pessoas. Ele pode ocorrer em determinadas áreas do corpo ou nele todo. O problema…

Por Editorial MDT em 01/09/2013

O suor excessivo (que tem nome científico “hiperidrose”) incomoda muitas pessoas. Ele pode ocorrer em determinadas áreas do corpo ou nele todo. O problema pode ter causas específicas, como situações de nervosismo, algumas doenças (como diabetes), mas também pode ser algo constante, na vida do indivíduo. Glândulas sudoríparas existem no corpo todo, mas em áreas como as axilas e a virilha estas glândulas são diferentes e podem liberar o suor, juntamente com mau cheiro. É por isso, também, que as pessoas com hiperidrose sofrem, principalmente se o excesso está nestas áreas. Veja algumas dicas para reduzir o suor das axilas.

O suor excessivo pode ser constante ou causado pelo estado emocional (Foto: Divulgação)

Cuidados diários com as axilas

Primeiramente, é preciso manter as axilas ventiladas, o máximo possível. Quanto mais a região estiver sufocada, mais suor haverá. No caso de quem não pode usar roupas sem mangas (principalmente devido ao trabalho), a dica é optar por peças com cores claras. Uma camisa branca, por exemplo, irá absorver menos calor do que uma vermelha, marrom, preta ou qualquer outra cor escura.

Não importa se a pessoa é mulher ou homem. É preciso depilar os pelos das axilas. Os cabelos, nesta região, irão favorecer o calor, aumentando a sudorese. Além disso, eles dificultam a evaporação do suor e isso favorece a proliferação de bactérias, aumentando o odor ruim. Basta usar uma lâmina.

Para diminuir o suor das axilas, também é indicado optar pelos desodorantes antiperspirantes. Eles ajudam a obstruir a saída do suor.

Roupas escuras pioram o problema (Foto: Divulgação)

O chá preto contém uma substância, chamada ácido tânico, que ajuda a reduzir o suor. Ele faz com que a produção das glândulas sudoríparas seja diminuída. A dica é fazer compressas de chá preto frio, todos os dias.

Tratamentos para suor nas axilas

Medidas simples ajudam a diminuir o suor das axilas, mas não irão eliminar o problema. Felizmente, hoje existem tratamentos para reduzir o suor. Em geral, após descartadas as hipóteses de doenças do paciente, inicia-se um trabalho, por meio de produtos tópicos, à base de cloridróxido de alumínio. Em casos mais leves, a quantidade de suor diminui, em apenas duas semanas.

Há tratamentos para casos mais graves, nos quais aplica-se uma substância que inibe a comunicação do nervo com a glândula de suor. Assim, sem estímulo nervoso, estas glândulas ficam inativas, durantes seis meses, em média. A cirurgia contra suor excessivo também é uma opção.

Cirurgias e tratamentos também podem livrar a pessoa deste incômodo (Foto: Divulgação)

A inibição de comunicação entre nervos e glândulas também pode ser feita, por meio de comprimidos, via oral. Estes medicamentos, chamados “anticolinérgicos” costumam surtir efeitos colaterais e, por isso, não são comumente indicados.

Quem tem problemas sérios de hiperidrose nas axilas, ou em qualquer outra parte do corpo, deve procurar ajuda médica, caso os tratamentos caseiros não surtam efeito. O problema pode acarretar sérias consequências psicológicas, pois afeta a vida social do indivíduo.

Top