Dicas para Prestar Primeiros Socorros

Às vezes, a vida nos reserva surpresas. Infelizmente, algumas delas não são boas. De repente, você pode ser obrigado a prestar primeiros socorros na…

Por Editorial MDT em 26/07/2011

Às vezes, a vida nos reserva surpresas. Infelizmente, algumas delas não são boas. De repente, você pode ser obrigado a prestar primeiros socorros na rua, em algum comércio, no trem ou até mesmo na sua casa. Por isso, antes de se deparar com uma situação como essas, aproveite as dicas para prestar primeiros socorros porque elas podem ser úteis em qualquer lugar e em qualquer ocasião. Sendo assim, preste muita atenção a elas.

Ao presenciar um acidente no trânsito como um atropelamento ou uma colisão entre veículos, mesmo que o seu instinto peça para você ajudar as pessoas envolvidas, o melhor a fazer é não tocar nas vítimas, pois ferimentos mais graves podem ser causados, principalmente se a lesão de um dos acidentados for na coluna. Assim alertam os bombeiros e os médicos. Desse modo, o melhor a fazer é avisar o pronto socorro pelo telefone190.

Se você estiver caminhando pela rua e, de repente, encontrar uma pessoa sofrendo convulsões, chame uma ambulância imediatamente e, enquanto o socorro não chegar, coloque a cabeça da vítima no meio das suas pernas dobradas para que ela não tenha fraturas batendo-a no chão e, ao contrário do que você vê em filmes, vire a cabeça dela para o lado e nunca coloque o dedo na boca dela.

No caso de queimaduras, é preciso saber qual é o grau que elas atingiram. A queimadura de primeiro grau mostra-se vermelha, inchada e dolorida. Na de segundo grau, há bolhas e umidade no local e a dor é praticamente insuportável e na de terceiro grau, a região fica branca, carbonizada e quase não há dor.

Ao se deparar com uma pessoa em fogo, não a deixe correr, pois o fogo pode se alastrar ainda mais com o vento. Pegue um cobertor, uma jaqueta, um tapete ou um casaco e derrube-a no chão para cobri-la. Então, procure por um médico imediatamente para que as dores dela sejam sanadas e para que não haja risco de morte.

Nunca toque na área queimada, não fure as bolhas e não passe nenhum tipo de pomada ou pasta de dente. O que pode ser feito é secar a região queimada com um pano limpo ou com chumaços de gaze e a água fria só pode ser passada caso a queimadura seja pequena. Entretanto, o médico deve ser procurado em qualquer situação.

Quando uma criança se engasga com uma bala ou alimento, não há tempo de correr para o pronto-socorro ou para o hospital. Então, você tem que agir por si só. Nesse caso, segure a criança pelas costas e aperte o seu diafragma com as duas mãos com força, até que ela cuspa o que a fez engasgar.

As crianças vivem se machucando, cortando o braço, os dedos, as pernas e várias partes do corpo. Então, quando ela aparecer chorando com um corte, não se preocupe, pois geralmente não é grave. Para tanto, limpe bem o local, lavando-o com água e sabão. Depois, passe algo para desinfetar a região e cubra-o com algodão e gazes. No entanto, se o corte for muito profundo e o sangue sair sem parar, leve a criança imediatamente ao hospital, pois talvez ela tenha que levar alguns pontos na parte afetada.

A parada respiratória pode ocorrer a qualquer momento. Por isso, você deve estar preparado para quando isso acontecer ao seu redor. Quando ela acontecer, a respiração deve ser retomada imediatamente. Para fazer a respiração artificial ou de socorro, afrouxe as roupas da vítima, principalmente no pescoço, na cintura e no peito, desobstrua a boca e a garganta e posicione-a horizontalmente em um local rígido e reto. O método boca-a-boca é o mais conhecido. Para fazê-lo, é preciso deitar a pessoa com a cabeça levemente inclinada para trás e levante o queixo, projetando-o para fora. Coloque a sua boca sobre a boca da vítima e sopre o ar levemente pela boca e pelo nariz dela até que o peito dela se levante. Então, deixe que ela solte o ar no seu ritmo natural até que o pulmão fique vazio. O ritmo deve ser de 15 respirações por minuto.

Esperamos que você nunca precise usar uma dessas dicas para prestar primeiros socorros, mas caso precise, você estará preparado para qualquer situação. Por isso, leia as dicas com atenção e memorize-as para quando for necessário.

Top