Dicas para pagar as contas no início do ano

Depois de gastar muito com as compras de Natal e Réveillon, chegou a hora de fazer um balanço e uma programação para colocar os…

Por Élida Santos em 12/12/2012

Depois de gastar muito com as compras de Natal e Réveillon, chegou a hora de fazer um balanço e uma programação para colocar os gastos em ordem. Em janeiro, são muitos os investimentos padrões que acontecem todos os anos, como por exemplo, material escolar, IPVA e IPTU.  Portanto, se você está querendo quitar suas dívidas e começar 2013 aliviado, confira algumas dicas abaixo:

Leia mais sobre: Como pagar contas durante greve dos bancários: dicas

Para começar 2013 sem contas para pagar é preciso se programar (Foto: Divulgação)

Somar as contas e traçar uma estratégia

Para conseguir pagar as contas é necessário saber o quanto se deve. Faça uma planilha de gastos com o valor de tudo que está para vencer e a data de vencimento. Se estiver gastando mais do que ganha é hora de colocar o pé no freio e parcelar as dívidas. Entre em contato com as financeiras e veja o melhor acordo para quitação de débitos como o de cartão de crédito.  Faça o mesmo com os outros débitos e pare de fazer novas dívidas.

Economize sempre que possível e comece 2013 no “azul”

Para que sua conta comece a ficar com saldo positivo, em 2013, é necessário que você tenha atitudes econômicas. Almoçar fora todos os dias, por exemplo, não é o meio mais indicado para quem quer economizar para quitar as dividas. Comece a levar comida de casa para o serviço e use o vale-refeição com parte das despesas. Também analise as suas compras e veja há importância e necessidade expressiva para a aquisição do item.

Saiba mais sobre: Como Pagar O IPVA, Dicas

Para quitar suas dívidas é necessário ter um plano de parcelamento (Foto: Divulgação)

Para pagar as contas no começo do ano é preciso poupar

Todos sabemos que as contas do começo do ano são mais salgadas, mas poucos guardam dinheiro para fazer a quitação delas. Para começar o ano sem dívidas é preciso poupar os 12 meses anteriores. Separe parte do seu salário e coloque em uma conta poupança. Não precisa ser muito, mas o suficiente para te tirar do sufoco no começo do ano.

Vamos supor que você guarde, todos os meses, R$ 50,00. Quando chegar o início do outro ano você terá poupado R$ 600,00. Esse valor representa uma parcela significativa do seu IPVA (de carros populares). Mas, para quem desejar ir mais a fundo nessa poupança, o interessante é guardar um valor de parcela como se fosse a de pagamento do tributo. Por exemplo: se o seu gasto de começo de ano gira em torno de R$ 2.500,00, divida esse valor por 12 e deposite em sua conta todo mês uma parcela, que nesse caso será de 208,33 reais. Para facilitar a conta, quando der números quebrados arredonde para mais.

Top