Dicas para organizar as anotações na aula

Uma das maiores dificuldades durante a aula é conseguir prestar atenção no que o professor está dizendo e fazer anotações sem perder o rumo…

Por Editorial MDT em 24/04/2012

Uma das maiores dificuldades durante a aula é conseguir prestar atenção no que o professor está dizendo e fazer anotações sem perder o rumo da explicação. Entretanto, para obter as notas desejadas é preciso muito empenho. Para não desviar a atenção do conteúdo explanado, é bastante comum que nossas anotações sejam feitas às pressas, e acabem virando uma bagunça de setas, cores e rabiscos que complicam a vida, na hora de estudar. É possível manter as anotações organizadas de forma muito prática e simples, confira.

As anotações facilitam a vida na hora de revisar a matéria

As anotações tornam o aprendizado mais eficaz

A interação é um fator fundamental para o aprendizado e trocar informações e conteúdos com outros alunos é muito bom, até mesmo para que o colega possa dizer onde você está errando. O debate e a discussão também são excelentes formas de testar o conhecimento.

Para que a interação seja proveitosa, cada aluno deve fazer a sua parte, anotando aquilo que acha mais interessante, para que, posteriormente, seja discutido. Ao fazer anotações, estamos praticando o exercício de síntese e resumo, que são excelentes maneiras de fixar o conhecimento.

Dicas para organizar as anotações na aula

 1. Cuidado com o que é anotado: as anotações organizadas e completas serão de muita ajuda quando chegar o momento de estudar para as provas;

 2. Colocar datas: Além de auxiliar no momento de estudar, ajuda a seguir uma ordem cronológica, caso perca alguma aula. Dessa forma é fácil saber o que exatamente está faltando;

 3. Use apenas um lado da página: utilizar todos os lados da página ao mesmo tempo vira uma bagunça. O ideal é seguir uma ordem linear, começando pela primeira linha e terminando na última, do mesmo lado da folha. Outra dica é fazer tópicos simplificados, que facilitam na hora de estudar;

 4. Deixe uma margem: quando for escrever preste atenção na margem. Deixe em torno de 4 cm nas laterais, para que possam ser feitas as observações posteriores. Por exemplo, anotar livros recomendados, acrescentar títulos e subtítulos ou anotar dúvidas;

A dica é deixar uma margem para anotações e usar canetas coloridas

 5. Use cores: para as anotações da margem podem ser usadas canetas coloridas. Você pode denominar uma cor para cada tipo de anotação. Por exemplo, a vermelha para aquilo que precisa ser revisto, azul para os títulos e subtítulos e o preto para as referências. Caso você não tenha canetas coloridas, você pode utilizar letras maiúsculas e sublinhados para diferenciar.

 6. Compare as anotações com as do livro: logo após terminar a aula, o ideal é comparar as anotações que foram feitas para ver se estão de acordo com o assunto tratado nos livros. Dessa forma, possíveis erros podem ser corrigidos.

A interação é fundamental para que haja fixação do conteúdo

Manter o caderno com as anotações pode facilitar os estudos. Pegar o livro e rever as apostilas pode ser um processo muito mais demorado do que estudar pelo conteúdo anotado durante a aula, além de que a prática das anotações ajuda a fixar melhor o conteúdo explanado.

Top