Dicas para o casal organizar as finanças

O que faz vários casamentos ruírem de um dia para o outro são os problemas financeiros. Todo o amor jurado em frente ao padre…

Por Editorial MDT em 28/01/2012

No casamento, tudo deve ser dividido, inclusive as finanças. (Foto: Divulgação)

O que faz vários casamentos ruírem de um dia para o outro são os problemas financeiros. Todo o amor jurado em frente ao padre termina quando o casal não consegue administrar as suas economias e o dinheiro começa a acabar. Por isso, veja aqui algumas dicas para o casal organizar as finanças.

Em primeiro lugar, é preciso ter o espírito do casamento não apenas na divisão da cama e do sofá, mas também do dinheiro. Portanto, se você aceitou dividir a sua vida com uma pessoa, abra uma conta conjunta com ela para que vocês possam administrar juntos as suas finanças.

Para tanto, sente-se com o seu par para discutir sobre a economia da família pelo menos uma vez por mês para que os dois estejam inteirados sobre o dinheiro que vai sobrar ou faltar. Se for faltar, façam planos de economia para que todas as contas possam ser pagas no dia.

Então, façam uma lista de prioridades. Se vocês pagam aluguel, ele deve estar no topo dessa lista. Em seguida, vêm a conta de luz, de água, supermercado e transporte. Os supérfluos como roupas ficam em segundo plano.

Para conseguirem controlar bem as suas finanças, façam uma planilha no computador ou mesmo no papel colocando o dinheiro que entra e o dinheiro que sai, sempre descriminando onde foi feito o gasto. Assim, vocês terão o total controle sobre o dinheiro e poderão calcular quanto economizarão a cada mês.

E cada centavo que sobrar deve ser guardado em uma poupança ou em outro tipo de aplicação para que vocês possam construir um patrimônio, seja para vocês ou para os seus filhos. Além disso, uma emergência poderá surgir e vocês terão de onde tirar dinheiro.

Cada centavo que sobrar deve ser guardado para qualquer emergência ou para a construção do patrimônio do casal. (Foto: Divulgação)

Por último, cada um tem as suas necessidades pessoais. O homem, precisa sair de vez em quando com os amigos enquanto a mulher quer fazer compras no shopping. Por isso, uma parte do dinheiro deve ser reservada para esses momentos de lazer a sós também.

O mais importante para ter um casamento feliz com as finanças bem organizadas é ser sincero com o seu par. Sendo assim, quando houver algum problema econômico, vocês conseguirão superá-lo juntos, pensando em táticas para sair dele sem abalar o amor e a harmonia entre o casal.

O casamento foi feito para que as pessoas aprendam a conviver juntas e unidas, mesmo nos momentos ruins. Por isso, é preciso que o casal saiba organizar as suas finanças juntos para que o matrimônio dure para sempre e com muitas alegrias.

 

 

Top