Dicas para Monografia de Direito

Vivemos num mundo extremamente competitivo. Nós lutamos para sermos alguém e sermos reconhecido pelo nosso esforço em se tornar alguém que faz sim coisas…

Dicas para monografia de direito

Vivemos num mundo extremamente competitivo. Nós lutamos para sermos alguém e sermos reconhecido pelo nosso esforço em se tornar alguém que faz sim coisas diferentes. A procura pelo ensino superior vem aumentando e muito nos últimos anos, e isso tem um fator: mercado de trabalho. Hoje, são muitas as pessoas que querem ter uma boa qualificação e querem fazer com que tudo seja muito melhor.

Uma das faculdades mais procuradas, que abre diversas áreas para quem está querendo uma carreira própria, ou está querendo entrar para o funcionalismo publico é a faculdade de direito. Isso porque você pode ser promotor de justiça, ou você pode ser juiz, ou então chefe de cartório, defensor publico, defensor da FUNAP, entre outras diversas possibilidades. Porem, decidir o seu futuro profissional é questão menos complicada do que vem por aí, isso porque para todos os estudantes de direito, temos uma prova bem simples chamada OAB. Simples?

Na verdade ela é bem complicada e está querendo fazer um pente fino em todos os estudantes que não são “bons” o suficiente para passar pela mesma. E, mesmo após a OAB que pode agora, ser realizada por alunos do 9º termo de direito, ultimo ano, ainda tem o que chamamos de TCC- Trabalho de Conclusão de Curso. Muitas pessoas não estão entendendo a importância de um TCC bem desenvolvido. Isso porque você pode defender uma tese muito interessante que pode abrir a sua porta para artigos científicos, apresentações. Há casos onde a própria faculdade pede para que você faça uma publicação do seu TCC em resumo, e isso é completamente importante para você que pretende seguir uma vida acadêmica com aperfeiçoamentos como mestrado, doutorado, e quem sabe até um PhD.

E tudo isso começa quando lá na faculdade você defende a sua tese no TCC desenvolvendo por tanto, a sua monografia. O problema é que o direito tem N caminhos e nem sempre as pessoas conseguem entender os seus diversos sentidos. A primeira coisa que você tem que fazer antes de desenvolver o seu TCC é que ele tem que identificar você, tem que identificar o seu posicionamento. Por isso que tem que ser com uma área que você curte e se identifica. Por exemplo, quando você está no quinto e sexto termo, você começa a ter pensamento para alguma área, alguma área que você se identifica mais, seja direito empresarial, direito civil, direito penal ou até mesmo direito tributário.

Dicas para monografia de direito

Decidida a área, basta que você pegue alguns pontos que são sempre muito debatidos, por exemplo, dentro do direito civil, você pode falar sobre responsabilidade Objetiva e Subjetiva, e qual das duas responsabilidades reflete a penalização dentro do direito ambiental. É um assunto polemico, uma vez que a maioria doutrinaria acha que é Teoria Objetiva. Entretanto, cresce e cada dia mais ficam fortes rumores de responsabilidade Subjetiva, só por um questionamento: quando é responsabilidade objetiva, está expressamente escrito no próprio texto constitucional, coisa que não acontece com o artigo 225 da constituição federal.

É um tema polemico e que você poderá desenvolver para a sua tese, claro que irá envolver os jurados e fará com que você tenha ainda mais sua própria tese, um passo na frente de todos os candidatos da sua frente.

Dicas para monografia de direito

Mais não é só isso! Você pode ter outros diversos temas que fazem de você um perfeito estudante e defenda uma tese sem erros! Achamos um site que dá para você diversas opções segundo paradigmas da OAB, para que você tenha melhores ideias, que tal acessar o site. Entenda que a monografia defenderá toda a sua vida estudantil, por isso deverá ser bem pensada e bem feita, com citações e referencias relevantes para o direito brasileiro. Não tenha medo de arriscar, os jurados relevam muito isso na hora de dar uma nota final, e lembre-se que é essa nota que vai abrir a sua vida escolar futuramente.

Top