Dicas para fugir das dívidas

Se você gasta mais do que recebe, vive usando o cheque especial para quitar as contas e não consegue pagar suas dívidas é melhor…

Poupe para garantir um futuro (Foto: Divulgação)

Se você gasta mais do que recebe, vive usando o cheque especial para quitar as contas e não consegue pagar suas dívidas é melhor mudar de atitude para ter mais segurança financeira. Fazer uma poupança é fundamental para se precaver em situações de desemprego ou até de males à saúde. Mas é impossível guardar recurso se não sobra nenhum centavo do seu salário.

Para deixar de ser um devedor o primeiro passo é somar as dívidas em aberto. Mesmo que o seu salário não seja suficiente para pagar as contas você precisa saber o saldo devedor para buscar alternativas. Em caso de dívidas bancárias negocie o mais rápido possível, pois assim os juros param de aumentar. Aposente o seu cartão de crédito até conseguir liquidar as dívidas e não compre coisas desnecessárias, como por exemplo, milhares de pares de sapato.

Fugir das armadilhas do consumismo também faz parte da rotina de quem quer se livrar das contas. As promoções, por exemplo, é uma estratégia de marketing das empresas. O produto mais barato atrai o cliente para a loja. Quando a pessoa vê outros itens acaba querendo comprar coisas que muitas vezes não precisa. Por isso, faça uma lista antes de ir ao supermercado para não sair comprando em excesso e só aproveite a promoção se o produto vendido for útil.

Compre no mercado somente o necessário (Foto: Divulgação)

Ter controle dos gastos é fundamental, por isso anote tudo e guarde os recibos para saber em que investiu seu dinheiro. Os pequenos gastos são os verdadeiros vilões, pois como o valor é considerado insignificante as pessoas acabam comprometendo a renda adquirindo itens baratos. Parcelamento também é uma armadilha. Se essa modalidade for utilizada desmedidamente é fácil perder o controle da situação.

Anote todos os seus gastos (Foto: Divulgação)

Quando se está endividado cortes no orçamento são necessários. Elimine as saidinhas de uma por final de semana para uma por mês. Escolha programas mais econômicos, como por exemplo, ir ao cinema de quarta-feira, quando o preço da entrada é 50% mais barata. Troque a academia por uma corrida no parque, assim esse dinheiro pode te ajudar a pagar as dívidas adquiridas. Com planejamento financeiro é possível gastar sem ficar no aperto.

Leia Também:  Como escolher banco para fazer empréstimo

Top