Dicas para evitar mordidas de cães

Adultos e crianças as vezes precisam entender que nem todos os cães são dóceis. Seja por medo, defesa ou até mesmo instinto, muitas vezes…

Dicas para evitar mordidas de cães.

Adultos e crianças as vezes precisam entender que nem todos os cães são dóceis. Seja por medo, defesa ou até mesmo instinto, muitas vezes é inevitável que os cachorros mordam uma pessoa.

Geralmente alguns cães mordem, para proteger seu território, os filhotes, a comida e até os brinquedos. Quando estão com dor ou irritados, também podem acabar mordendo. Por isso, tanto observar o animal quanto policiar as próprias ações ajudam a prevenir ataques.

Confira algumas dicas simples para evitar mordidas de cachorros

  • Cachorros distraídos nunca devem ser abordados.

É muito importante não colocar a mão em um cachorro que você não conhece. Aqueles que moram na rua normalmente possuem muito receio e podem acabar atacando se achar que algo de ruim pode ser feito a ele. Se porventura você cruzar com um animal agressivo, chame o órgão responsável na sua cidade e conte a eles a localização do bicho, mas não tente chegar perto do animal. Apenas pessoas treinadas devem tentar conter esse tipo de cachorro.

  • Se aproximando do cachorro

Se a permissão for concedida, deixe que o cachorro cheire sua mão aberta antes de fazer carinho nele. Dê tempo para que ele se acostume com o seu cheiro e perceba que nada de ruim vai acontecer. Caso o animal demonstre algum receio, fique longe.

  • Acaricie o cachorro debaixo do queixo primeiramente

Esse é o lugar menos ameaçador. Fazê-lo na cabeça pode ser considerado preocupante para o animal, então, até ele sentir-se confortável e seguro, apenas faça um afago no queixo.

  • Balançar o rabo nem sempre é sinal de segurança

Não se esqueça, mesmo se um cachorro estiver balançando o rabo, isso não significa que ele é amável. Prefira ficar na defensiva.

Não retire alimentos de animais, eles podem atacar.

  • O que fazer se um cachorro bravo se aproximar
Leia Também:  Flamengo se complica após derrota para o Olimpia

Se estiver caminhando e um cachorro se aproximar sem coleira, ou sem um dono, fique firmemente de pé. Não se mova, não fale; mantenha suas mãos dos seus lados e mantenha a calma. Olhe ao redor procurando pelo dono do cachorro e novamente, mantenha a calma, pois se demonstrar medo, o animal percebe e pode avançar. 

  • Não tente acariciar um cachorro em um carro ou na traseira de um caminhão, através de uma cerca ou dentro da casinha (ou o abrigo dele).

Os cachorros se sentem confortáveis nesses lugares e podem pensar que seu lar está sendo ameaçado. São exatamente parecidos como seres humanos neste caso, se mexem com seu lar, suas atitudes são imprevisíveis.

  • Nunca importune ou jogue objetos em um cachorro

Além de pura maldade, é no mínimo uma ação de quem não tem o mínimo de respeito pelos animais. Não somente é um sinal de agressão, mas você pode machucar o cachorro e fazê-lo atacar.

  • Uma coisa que você nunca deve fazer é tirar comida de um cão

Nenhuma espécie de animal tolera que tirem seu alimento. Quando isso ocorre, podem ficar agressivos para defender o que lhes pertence. Então, jamais faça isso com um cão.

Se um cão se aproximar sem a coleira e sem o dono, não se mova, fique em pé e mantenha a calma.

É importante lembrar que sempre devemos respeitar o animal que colocamos dentro de nossa casa, que encontramos na rua ou em qualquer lugar. É parte desse respeito conhecer e aprender como eles se comportam, além das razões de determinadas atitudes. Um animal criado com muito carinho é normalmente um cão dócil que não oferece grandes perigos.

Leia Também:  Balcão Para Cozinha Americana, Modelos, Fotos

Top