Dicas para deixar de ser obeso sem precisar de redução de estômago

De acordo com o último levantamento divulgado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, feito em 2010, somente nesse ano em que a…

De acordo com o último levantamento divulgado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, feito em 2010, somente nesse ano em que a pesquisa foi feita, foram realizados mais de 60 mil cirurgias de redução do estômago no Brasil, um número três vezes maior do que em 2005, quando a última pesquisa sobre o assunto foi realizada.

Emagreça com saúde (Foto: Divulgação)

Muitas pessoas que se cansam de fazer várias dietas acabam investindo em uma operação desse porte, onde o tamanho do estômago é reduzido, fazendo com a pessoa não consiga mais comer como antigamente (ao menos nos meses posteriores a operação).

O que muitos não sabem é que após a realização de uma operação de redução estomacal a pessoa continua perdendo peso no prazo de dois anos. Somente a partir desse prazo médio é que esse processo de estabiliza e é possível começar a engordar novamente se hábitos não forem mudados.

Por isso, vale muito a pena tentar emagrecer sem ter que se submeter a esse tipo de processo cirúrgico, onde o paciente passa por um procedimento de risco, já que a operação pode ter inúmeras complicações. Além disso, o tratamento pós-operatório de uma redução de estômago é complicado, e algumas pessoas precisam, inclusive, ingerir vitamínicos para repor o que não conseguem agregar com a alimentação, que por muitas vezes reduz além do que a pessoa precisa para ter uma nutrição satisfatória do corpo.

Pensando em quem quer emagrecer, saindo da zona de risco de obesidade e adquirindo mais saúde, elaboramos dicas que auxiliam no processo:

André Mokfa mostra como ficou depois da dieta (Foto: Divulgação)

Mire nos bons exemplos de obesos que emagreceram só com dieta e exercícios

Perder 85 quilos sem cirurgia de redução estomacal, e em somente 12 meses, é sim algo possível. Há pouco mais de 12 meses, o morador de Balneário Camboriú, Litoral Norte de Santa Catarina, André Mokfa pesava 180 quilos, mas largou essa vida sedentária de lado e perdeu 85 quilos.

Continuar Lendo  Faça seu look com flores e black power dos anos 70

O exemplo de André Mokfa deve servir para você começar a se mexer, fazer atividades físicas, reeducação alimentar com a ajuda de um nutricionista e investir na sua saúde. Mire em exemplos assim para deixar a desculpa de lado e comece a emagrecer.

Não espere um milagre que te faz emagrecer depressa demais

O grande problema dos obesos é a dificuldade de emagrecer rápido. A pessoa quer ficar magra sem esforço. Mas a realidade é outra, e por isso, muito desistem de tentar emagrecer, e chegar na meta traçada. Não existe milagre e sim esforço e acompanhamento médico. Siga a risca as orientações do nutricionista e veja o resultado.

Obesidade tem jeito com dieta (Foto: Divulgação)

Os sabotadores vão tentar atrapalhar

Aquela tia que oferece mil coisas para você comer vai estar lá sempre, mas você deve passar ileso por isso. Os sabotadores naturais da sua dieta, ou melhor, da sua reeducação alimentar, sempre existirão, mas não se abale, siga em frente, e não desista.

Não saia da dieta nunca (Foto: Divulgação)

Dia de libertação semanal da dieta deve ser abolido

Nunca, jamais, em hipótese alguma se permita sair da dieta. Essa mania de achar que pode deixar de lado a dieta um dia na semana, e comer o que quiser, simplesmente anula todo seu esforço. Você está condicionando seu corpo, por isso é bom resistir as tentações em nome de uma meta maior.

Atividade física todos os dias

Fazer atividade física diariamente é necessário. Mesmo aos finais de semana, tente caminhar meia hora que for, para não ficar parado. Passeie com seu cachorro, brinque seu filho, se mexa. E cinco vezes na semana, faça pelo menos 1 hora de caminha em ritmo acelerado. A musculação é importante para tonificar o corpo, e deve ser incluída na rotina diária depois de um tempo, pois ajuda a tonificar os músculos.

Continuar Lendo  Revestimento para cozinha: fotos, como escolher

Para completar as dicas e se livrar da obesidade sem dietas radicais e redução de estômago, ou qualquer outro processo cirúrgico, o segredo e não desistir e nem desanimar, pesando uma vez ao mês, e visando auxilio de profissionais da saúde. Depois, coma com equilíbrio, sem exagerar, um pouco de tudo vale, mas não volte a ter os péssimos hábitos de antes.

 

 

Top