Dicas para cuidar dos tecidos de inverno

Durante o inverno, é necessário tomar mais cuidado com as roupas e outros tecidos usados no dia-a-dia. Quando as peças não são conservadas e…

Preocupe-se com o armazenamento, a limpeza e a conservação das peças.

Durante o inverno, é necessário tomar mais cuidado com as roupas e outros tecidos usados no dia-a-dia. Quando as peças não são conservadas e limpas como se deve, elas podem acabar causando crises de alergias, sobretudo quando passam muito tempo armazenadas dentro do armário. Os tecidos afetados por poeira, ácaros e até mesmo mofo interferem na qualidade de vida dos moradores.

Como o Brasil é um país de calor intenso, as roupas de inverno ficam esquecidas no guarda-roupa por vários meses e, só são procuradas, quando o clima esfria no começo de maio. Para que as peças de vestuário permaneçam em bom estado e não sejam corroídas pelo tempo, é necessário se preocupar com três aspectos básicos: armazenamento, conservação e limpeza.

Saiba mais: Cuidados com as roupas de inverno

Confira a seguir dicas para cuidar dos tecidos mais usados no inverno:

1. Veludo

Macio, confortável e quente, o veludo se revela um tecido perfeito para montar o look de inverno. No entanto, ele requer alguns cuidados para não acabar sendo danificado ou desgastado pelo uso frequente.

A lavagem do veludo pode acontecer naturalmente, usando lavadora e sabão em pó, mas é recomendado tomar cuidado com secadoras de roupa, porque elas fazem com que a peça encolha. A secagem do veludo deve acontecer em local fresco e arejado.

Ao armazenar peças de veludo no guarda-roupa, nunca use cabides com pregadores porque eles deixam as peças marcadas.

Use capas apropriadas para proteger os tecidos.

2.  Couro

Moderno, resistente e agradável, o couro é um material que nunca sai da moda. No entanto, ele deve ser armazenado com cuidado no guarda-roupa para que o seu aspecto original não seja prejudicado.

Leia Também:  Bebidas alcoólicas durante gravidez: riscos, quais são

Procure evitar sacos ou capas plásticas na hora de armazenar as peças de couro, caso contrário o material estará propenso a apresentar mau cheiro, deformidades e manchas. Prefira guardar o couro em capas de TNT escuro e, a cada 30 dias, exponha as peças em local fresco.

3. Camurça

A camurça exige cuidados na lavagem e armazenamento, afinal, ela é um tecido de origem animal muito fácil de ser danificado. Na hora de fazer a limpeza, ao invés de aplicar técnicas caseiras, é mais recomendado contratar os serviços de uma empresa especializada.

Com relação à forma de guardar a camurça, recomenda-se também o uso de TNT para envolver a peça.

4. Lã e tricô

A lavagem da peça de lã requer apenas sabão neutro e deve ser de preferência batida no nível mais delicado da máquina. Evite o uso de sabão em pó porque ele pode causar o endurecimento da lã.

Para evitar danos, as peças de tricô devem ser lavadas manualmente. Na hora de armazenar, prefira o uso de sacos plásticos com furo, ao invés de pendurar os artigos em cabides.

Veja também: Roupas: conserve-as

Reconheça as necessidades de cada tipo de tecido na hora de lavá-los e guardá-los.

Top