Editorial MDT 05/03/2012 Notícias

Alguns cuidados são essenciais para a saúde das cordas vocais.

Muita gente acaba não levando muito a sérios os cuidados com a voz e o resultado é rouquidão, dor na hora de falar, coceira e aspereza na garganta, especialmente nos casos de quem canta ou trabalha falando o dia inteiro.

Em situações complicadas, é bastante comum observar quer as pessoas buscam o auxílio de um profissional qualificado quando o problema está em um estágio mais avançado, piorando o prognóstico e tornando o tratamento mais difícil. O ideal é prestar atenção em sinais que indicam que algo vai mal, como dor e dificuldade para falar.

Se preocupar com a saúde vocal é fundamental para garantir o bom funcionamento do aparelho fonador de qualquer pessoa, e alguns cuidados básicos ajudam a prevenir diversas doenças nas cordas vocais. Confira algumas dicas:

1.     Evitar o cigarro

A nicotina, por si só, traz inúmeros malefícios ao organismo, mas quando associada ao calor da fumaça, atua ressecando as cordas vocais e promovendo a rouquidão. O resultado pode ser um esforço extra na hora de falar, prejudicando a musculatura.

O cigarro tráz inúmeros malefícios.

2.     Diminuir ingestão de cafeína

A cafeína associada à alta temperatura da bebida age semelhantemente ao cigarro, promovendo a desidratação das cordas vocais além de aumentar a acidez estomacal, que pode resultar em refluxo e ardência na hora de falar.

3.     Bebidas alcoólicas

Algumas pessoas pensam que as bebidas com álcool ajudam a aquecer a voz, o que não passa de um mito. O que acontece realmente é que essas substâncias anestesiam a região e consequentemente diminuem a sensação de dor, mas quando o efeito passa, o problema volta.

4.     Bebidas geladas

A maioria das pessoas evita beber substâncias geladas, como meio de preservar a voz, mas especialistas lembram que não há nada comprovado sobre essa questão. O que se observa, na prática, é que a sensibilidade à ingestão de bebida geladas varia de pessoa para pessoa, e por isso é dever de cada um ter essa percepção.

5.     Ar condicionado apenas com moderação

O problema de ficar em ambientes refrigerados é que, além de comprometer as cordas vocais, os condicionadores de ar podem alterar a respiração e prejudicar ainda mais a voz. Por funcionar desumidificando o ambiente, resulta num ressecamento do aparelho fonador e faz com que seja preciso um esforço a mais para produzir o mesmo som que o indivíduo produziria se não estivesse exposto ao condicionador de ar.

6.     Muita água

Nada proporciona maior benefício para as cordas vocais do que a ingestão de muita água, que garante hidratação e elasticidade para o aparelho fonador, além de assegurar sua limpeza, conferindo muito mais saúde para enfrentar qualquer situação sem muita dificuldade.

Beber bastante água é fundamental.

Para evitar problemas mais graves, como calos e nódulos nas pregas vocais, e ficar livre de surpresas desagradáveis como a perda de voz e dificuldade para falar, é importante colocar em prática todas as dicas que foram dadas e ficar atento a qualquer sinal de complicação, que pode exigir uma visita ao médico.

Outros artigos

Curso para OAB Gratuito

07/08/2014

Curso para OAB Gratuito

  O curso para OAB Gratuito visa preparar os bacharéis em Direito para prestar o exame da Ordem dos Advogados do Brasil. Muitas universidades não capacitam s...

Curso Gratuito de Metalurgia Senai 2011 SP

26/10/2010

Curso Gratuito de Metalurgia Senai 2011 SP

Se você sonha com uma profissão na área da metalurgia, selecionamos uma dica especial se trata do curso gratuito de metalurgia Senai 2011 SP, escolhemos o Senai ...