Dicas para comprar notebook 2010

Hoje em dia ter um computador é uma necessidade e não uma comodidade. O computador está presente em nosso trabalho, vida particular e nos…

Por Redacao em 03/02/2010

Hoje em dia ter um computador é uma necessidade e não uma comodidade. O computador está presente em nosso trabalho, vida particular e nos estudos, sendo ele uma ótima ferramenta de trabalho, e para quem vive viajando e andando de um lado para o outro a dica é comprar um notebook.

O notebook é um computador portátil, mas que permite fazer tudo o que é feito em um computador comum, mas para isso é preciso pesquisar, afinal o preço varia bastante de uma marca para outra. A dica é pesquisar bastante, na internet é possível verificar e tirar dúvidas de quais as marcas são mais usadas e os comentários das pessoas que possuem PC das marcas em questão. Verifique a quantidade de memória, o modelo. A dica é comprar um notebook que possua o Windows 7, que é novo no mercado, o Windows Vista não é indicado para quem trabalha com programas pesados, isso porque ele é um pouco lento. Os preços de notebooks variam bastante, mas um bom não custa menos que R$ 1.200,00. Fique de olho nas promoções de notebooks, numa dessas, você pode encontrar o que procura e com um bom preço.
Para que prefere, e não tem tempo, tem a opção de comprar notebook pela internet, é segura e você escolhe pagar com boleto bancário ou no cartão de crédito.

Verifique antes de comprar um notebook barato, você poderá estar comprando um produto de qualidade baixa, o que lhe causará “dor de cabeça”.

Abaixo vamos deixar agora para você dez dicas de como comprar seu Notebook.

1- Memória RAM

Para a escolha da quantidade de memória RAM do seu notebook, você deve considerar o padrão atual do mercado. No entanto, o ideal é ter pelo menos 2 GB de memória para não prejudicar o desempenho e para rodar aplicações um pouco mais pesadas. Portanto, escolha sempre um notebook que tenha capacidade de memória equivalente ao padrão atual e que, de preferência, permita expansão no futuro, geralmente isso é possível por meio de uma tampa na parte inferior .

2 – Processador

Quanto ao processador, na maioria das vezes não é necessário escolher o mais poderoso, mas também não é recomendável escolher um modelo já bastante ultrapassado. Para tarefas básicas, é interessante optar por um processador que conte com recursos de economia de energia, como os modelos da linha Intel Pentium ULV (de Ultra Low Voltage – Voltagem Ultra Baixa) ou AMD Athlon Neo. Esses processadores geralmente são mais baratos e têm a capacidade de poupar energia quando determinados recursos não estão sendo utilizados. Além de ajudar a evitar aquecimento, essa característica faz com que a energia da bateria dure mais.

Mas, se você prefere um notebook mais potente, capaz de rodar com tranquilidade jogos e aplicações mais pesadas, considere um processador com dois ou mais núcleos, como as linhas Intel Core i3 ou AMD Athlon X2 Dual Core para notebooks. Em geral, os chips direcionados a portáteis mais poderosos também contam com funcionalidade de economia de energia.

3 – Bateria

Em notebooks, ainda é difícil encontrar baterias que duram por um tempo considerado adequado. De qualquer forma, a escolha da tecnologia certa é capaz de acrescentar algum tempo de utilização. Atualmente, é recomendável o uso de baterias do tipo íons de lítio. Estas costumam ter carga mais duradoura, sua vida útil é maior e não acrescentam custo considerável ao notebook. Um detalhe importante: se você precisa usar seu notebook pela bateria constantemente, é recomendável adquirir um modelo de um fabricante que oferece baterias vendidas separadamente para sempre ter uma de reserva.

4 – HDs

Os HDs para notebooks são fisicamente menores do que os modelos usados em PCs. Essa característica faz com que esses dispositivos sejam, geralmente, um pouco mais caros. Por isso, a escolha de um HD com muita capacidade só deve ser considerada em caso de necessidade, para evitar um aumento expressivo de custo. Note também que você não deve escolher um modelo com pouca capacidade pensando em economizar, porque se esse HD já estiver fora de linha ou se estiver prestes a sair de linha, seu preço pode ser apenas pouco menor que um HD de capacidade maior. Assim, prefira um HD com 320 GB em vez de um 250 GB, por exemplo.

5 – Unidade de CD/DVD

Hoje em dia, já não é raro encontrar notebooks que não oferecem unidade de CD/DVD, principalmente no que se refere aos modelos mais compactos. Na verdade, com a popularização de pendrives (que são conectados em portas USB) e leitores de cartões de memória em laptops, o uso de CDs ou DVDs para armazenamento de dados caiu muito. Portanto, drives de CD/DVD já não são tão importantes assim. Mas para quem faz questão, vale a pena observar se a unidade não apenas lê, mas também grava CD e DVD.

6 – Tela

É óbvio que quanto maior a tela (display), melhor a visualização. No entanto, quanto maior a tela, maior também é o tamanho do notebook e, em geral, o consumo de energia. Por essa razão, a escolha do tamanho da tela deve estar de acordo com suas necessidades. Se você quer um notebook para utilizar em casa para economizar espaço, uma tela grande é recomendável – para isso, você pode usar notebooks com tela de 15 ou mesmo 17 polegadas, por exemplo estes são grandalhões! Por outro lado, se você pretende transportar o notebook para vários lugares (por exemplo, nas visitas aos seus clientes), uma tela menor (de 13 polegadas, por exemplo) ajuda a diminuir o espaço que o portátil ocupa na bolsa ou na mala. Você também pode optar por notebooks com telas widescreen (que são cada vez mais comuns).

7 – Chip gráfico

Talvez você não vá rodar jogos em seu notebook, mas provavelmente vai querer assistir vídeos nele – por exemplo, durante uma viagem de avião. Parar rodar vídeos ou até mesmo alguns jogos, é recomendável escolher um notebook com um bom chip gráfico. Neste caso, é importante verificar se a memória da placa de vídeo (VRAM) é exclusiva. Se escolher uma compartilhada, que seja em um notebook com pelo menos 2 GB de memória RAM. Se optar por aparelhos com VRAM exclusiva, é recomendável que esta tenha ao menos 64 MB de capacidade.

8 – Dispositivo para cursor

Eis outro detalhe importante: que tipo de tecnologia usar como substituto do mouse? O touchpad é um tipo de dispositivo onde o usuário movimenta o cursor na tela passando seus dedos em um pequeno painel sensível a toques. O touchpad geralmente é acompanhado de botões que possuem as mesmas funções das teclas de um mouse comum. A escolha do melhor dispositivo é complicada, pois se trata essencialmente de uma questão de afinidade. Assim, é melhor testar cada opção antes de efetuar a compra do notebook. Se preferir, você pode utilizar um mouse comum ou, para facilitar o transporte, um mini-mouse USB:

9 – Conectividade

Em qualquer computador é essencial ter portas USB. Em notebooks, o mínimo necessário são duas portas (para conectar impressoras, câmeras digitais, MP3-players, mouses, etc), mas o ideal é três. Alguns modelos oferecem portas FireWire (IEEE 1394) e leitor de cartões Flash. O FireWire é pouco usado, por isso, é importante tê-lo apenas se você utiliza alguma aplicação que faz uso dessa porta. Há também notebooks que contam com porta infravermelha para comunicação com outros dispositivos, porém esse recurso tende a não ser mais usado, já que há alternativas melhores, como as conexões Bluetooth. Também é essencial contar com Wi-Fi, afinal, é cada vez mais comum encontrar redes sem fios disponíveis em lugares públicos, como shoppings, aeroportos, restaurantes, hotéis e até mesmo ônibus. Felizmente, praticamente todos os notebooks atuais oferecem essa tecnologia.

Embora não essencial, também vale a pena contar com uma porta HDMI. Ela permite, por exemplo, exibir imagens de alta definição do notebook para um televisor LCD ou para um projetor.

10 – Marca

HP
Dell
Positivo
Toshiba
Acer
Apple
Sony
Asus

Lembre-se que  contrário dos desktops (PCs), onde pode-se comprar as peças e depois montar a máquina, um notebook geralmente vem fechado e com uma configuração definida pelo fabricante embora a grande maioria permita upgrades de memória e HD, por exemplo.

Top