Dicas para abrir um Salão de Beleza

Os salões de beleza são estabelecimentos onde a circulação é constante e com isso, na maioria das vezes, o lucro é certo. Hoje, homens…

Os salões de beleza são estabelecimentos onde a circulação é constante e com isso, na maioria das vezes, o lucro é certo. Hoje, homens e mulheres, vão ao salão de beleza com freqüência, buscando sempre estar de bem consigo mesmo. Quem deseja abrir um salão de beleza precisa tomar alguns cuidados. De acordo com a Revista Cabeleireiros 69% dos clientes mudam de salão de beleza, porque não ficou satisfeito com a qualidade no atendimento do primeiro, 14% procuram outro salão de beleza quando estão insatisfeitos com a qualidade dos produtos, 9% trocam de estabelecimento devido a preços altos, 5% adquirem novos hábitos e 3% mudam de endereço. Como podemos ver a partir dos números obtidos na pesquisa, muita gente troca de salão de beleza em decorrência de algum fator e é por isso que se deve tomar cuidado ao abrir o seu salão, pois existem diversos por aí e para que o seu seja considerado um dos melhores é essencial que você trabalhe rigorosamente todos os pontos.

Começando pelo capital, é claro que nenhum negócio dará certo sem um capital inicial. Para isso leve em consideração todos os gastos que você terá com o salão no início, como materiais, produtos, pagar aluguel, luz, água, telefone etc., porém pense em uma quantia que te mantenha o salão funcionando até que o mesmo possa “se sustentar sozinho”.

Visitar outros salões de beleza é uma ação que deve ser tomada. Converse com os proprietários, com os funcionários e até clientes, porém não seja inconveniente. Com as visitas tente encontrar alguns fatores que possam se tornar problema ou aqueles detalhes que incomodam os clientes e faça com que estas características não estejam presente no seu salão. Caso os salões de sua cidade não desejam passar informações, visite salões de beleza de cidades vizinhas, pois geralmente o da sua cidade se sente ameaçado e muitas vezes não passam informações corretas.

Procure o melhor lugar para seu estabelecimento. Fique atento à circulação do local, ou seja, se muitas pessoas passam por lá o tempo todo e dê preferências para locais onde não se localiza nenhum outro salão de beleza. Não se esqueça de levar em consideração o prédio e o preço do aluguel, para que o estabelecimento não seja tão pequeno e não atenda com qualidade os clientes e nem que o preço do aluguel “quebre” seu orçamento.

Compre os produtos do salão de beleza, para isso converse com diversos fornecedores e procure aqueles produtos de qualidade. Nem sempre o mais caro é o melhor e nem o mais barato pode trazer todos os benefícios. Repare quais os produtos usados em outros salões de beleza. Dê preferências para produtos que você possa usar em mais de um processo, adicionando ou acrescentando algum outro componente apenas.

Os materiais também devem ser comprados com cuidado. Veja a qualidade dos mesmos e o preço. Para os aparelhos elétricos verifique o quanto gasta de energia, para que a conta de luz não venha um absurdo. Dê preferência em comprar materiais de mesma marca. Compre os secadores, chapinhas, pentes, tesouras, navalhas, escovas e entre outros.

Decida quais serão os preços dos tratamentos e processos do salão. Pesquise os preços praticados na sua região. Chegue a um valor justo para o cliente e que ao mesmo tempo gere lucro para você.

Monte sua equipe de trabalho. Escolha pessoas que tenham cursos e que de preferência já tenham trabalhado na área. Em seguida divida o que cada um vai realizar no salão de beleza.

Escolha o nome, faça uma fachada bonita, trabalhe na divulgação do seu salão e siga as dicas aqui dadas que com certeza seu salão terá muito sucesso.

Top