Dicas de Viagens para Bonito: Monte Seu Roteiro de Viagens

Dicas de Viagens para Bonito: Monte Seu Roteiro de Viagens Bonito está situada na Serra da Bodoquena (ou mais corretamente, no Planalto da Bodoquena…

Por Redacao em 07/05/2011

Dicas de Viagens para Bonito: Monte Seu Roteiro de Viagens

Bonito está situada na Serra da Bodoquena (ou mais corretamente, no Planalto da Bodoquena e Depressão do Miranda), a 315 metros acima do nível do mar. Com temperatura média de 32ºC, seu solo formado basicamente por calcário e seus vários rios são destino propício tanto aos que gostam de aventura quanto daqueles que preferem um recanto calmo e de beleza indescritível para recarregar as baterias minadas pelo estresse do dia a dia.

As atividades de Bonito são basicamente regadas a muita, mas muita água oriunda das fontes naturais que, desaguando nos rios mansos e límpidos, formam piscinas onde você poderá deslizar como se estivesse flutuando. Existem passeios organizados principalmente ao Rio da Prata, onde você, depois de uma caminhada rápida por entre a mata exuberante da região, recheada de vida animal (há bugios, queixadas, cotias e mais uma infinidade de animais a serem observados pelo caminho) ,chega-se ao Olho D´Água de água limpa e cristalina, que forma uma piscina natural ótima para treinar a flutuação.

Dali, a expedição parte efetivamente ao rio onde, com todo equipamento apropriado para a aventura (os bons agenciadores nesse tipo de passeio fornecem o equipamento completo, seguro e guia inclusos no preço), basta relaxar e se deixar levar pela correnteza, aproveitando para fotografar as várias espécies de peixes, além de uma ou outra sucuri desavisada que resolva comparecer ao passeio.

Para os mais aventureiros, descer de rapel  pelo “Buraco” – o Abismo Anhumas – é perfeito.  São 72 metros de descida, desembocando em uma lagoa cristalina onde também se pode fazer flutuação. É importante verificar com quem você for contratar para o passeio, qual o material necessário para a descida. Por exemplo, deve-se levar alimentação, roupas secas, calçados e repelente. Acima de tudo, a segurança. Então jamais contrate pessoas não ligadas a agências para esse tipo de aventura, pois os riscos, embora não extremos, existem.

Um passeio que jamais alguém que vá a Bonito deve deixar de fazer é o da Gruta do Lago Azul, que fica a mais ou menos 19 km da cidade.  Chega-se até lá através da bem sinalizada  Rodovia MS 382, Bonito/Três Morros. Após 10 km de rodovia, pega-se uma estrada vicinal que fica à esquerda da pista. Essa é uma visita monitorada por guias turísticos e existem restrições para entrar na caverna: crianças abaixo de 5 anos e pessoas com problemas e saúde que causem vertigem não podem fazer o passeio. Existe até mesmo um sistema de reservas online, para que você agende sua visita com antecedência, evitando o desconforto da espera, pois há limite máximo de visitantes ao dia. Acesse www.bonito.ms.gov.br para agendamentos. Embora suponha-se “gruta” seja uma pequena área, na realidade a caverna que abriga o Lago Azul é imensa. Após uma descida de 100 metros, chega-se a ao Lago, com seus presumidos 90 metros de profundidade.

Essas são apenas algumas atrações de Bonito, que tem muito mais a oferecer a todos os estilos de turistas. Hospedar-se em Bonito é fácil, pois  existem opções para todos os gostos e bolsos. De hotéis de faixa de preço superior até simples pousadas, de tudo se encontra. Não esqueça de fazer suas reservas pois, como Bonito é um destino merecidamente top de linha, sempre há turistas ocupando a cidade.

Para dar um exemplo da qualidade de hospedagem, há o Hotel de Natureza, onde as diárias se iniciam em R$ 286,00 (baixa estação). Claro que o conforto é o principal atrativo, mas se você não se importa com lugares mais simples, as pousadas sempre tem preços mais atrativos entre R$ 75,00 ( baixa estação) e R$ 100,00 (alta estação).

Visitar Bonito é comungar com a Natureza, abrindo nossos olhos para a tão necessária preservação de nosso meio-ambiente.

Top