Dicas de saúde para o inverno

Dicas de saúde para o inverno

Quando falamos de saúde, não podemos brincar. E com a chegada do inverno, e seu clima seco com mudanças bruscas de temperatura, algumas doenças…

Por Redacao em 11/05/2011

Quando falamos de saúde, não podemos brincar. E com a chegada do inverno, e seu clima seco com mudanças bruscas de temperatura, algumas doenças típicas da estação começam a rondar nosso dia-a-dia. Gripes, resfriados, amidalite e dor de ouvido são as enfermidades mais comuns, mas, se não forem tratadas, podem causar complicações ou somarem a outras, como a asma, a pneumonia, a bronquite, a rinite e a sinusite. Então, é sempre importante se precaver ou, em caso de doenças crônicas ou pessoas com condições de saúde precária, procurar as indicações de um médico. Inclusive, é bom reiterar, os postos de saúde da sua região estão aptos a lhe atender ou passar informações adicionais e aprofundadas sobre o tema.

De qualquer forma, nós vamos passar algumas dicas, coletadas no portal http://revistavivasaude.uol.com.br, foram baseadas em matéria feita segundo a consultoria de Mauro Gomes, médico pneumologista e coordenador do ambulatório de DPOC da disciplina de Pneumologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), especialista em Pneumologia pela Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia e professor instrutor de ensino da disciplina de Pneumologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Lembre-se, sempre siga as dicas de profissionais da área de saúde ou, o que é ainda melhor, consulte-os pessoalmente.

Seguem as dicas passadas pelo especialista:

Mantenha as roupas de cama limpas especialmente os cobertores que costumam ser morada de ácaros;

Retire o pó da mobília e limpe o chão com pano úmido, evitando o levantamento de poeira;

Aproveite os dias de ensolarados para arejar a casa. O sol e o ar evitam que vírus e bactérias se proliferem;

Evite o contato com a fumaça do cigarro;

Use soro fisiológico nas regiões dos olhos e narinas, ele lubrifica a mucosa e evita irritação;

Evite aglomerações de pessoas em lugares fechados e pouco arejados;

Lave as mãos constantemente para evitar que vírus e bactérias se alojem nessa região;

Beba muito líquido, mas evite as bebidas alcoólicas. Água e sucos são importantes para controlar a circulação sanguínea, composição das células, músculos e respiração;

Não use carpetes e cortinas no quarto de pessoas alérgicas, pois eles favorecem o aparecimento de ácaros;

O meio mais efetivo para evitar as doenças do inverno são as vacinas. A antigripal confere imunidade por cerca de um ano e a vacina contra pneumonia pode proteger por cinco anos. No caso dos idosos, a vacina antigripal é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e distribuída gratuitamente pelo governo federal.

Top