Dicas de como baixar a febre

A febre é um problema bastante comum e que costuma tirar o sossego de muitas mães. Entretanto, diferente do que se pensa, ela é…

A febre é um problema que tira o sossego de muitas mães

A febre é um problema bastante comum e que costuma tirar o sossego de muitas mães. Entretanto, diferente do que se pensa, ela é mais uma amiga do que inimiga. Na realidade o aumento da temperatura corpórea é uma reação do organismo à infecção por agentes patogênicos, que serve para estimular a resposta imunológica, inibindo o crescimento e auxiliando na eliminação do agente agressor.

O quadro febril é caracterizado pela temperatura axilar maior ou igual a 37,8° C e, além de combater a infecção, também serve para indicar que algo está errado no funcionamento do organismo. Por ser um sintoma e não o verdadeiro problema, é indispensável que antes de procurar combater a febre, seja descoberto e tratado o real motivo de sua aparição.

Leia também: Febre infantil: como tratar?

O problema é que o aumento da temperatura corporal costuma acompanhar muitos outros sintomas, e por isso, combatendo a febre, evitam-se sensações bastante desagradáveis, como calafrios, tremores e intenso mal-estar. Confira algumas dicas caseiras que podem auxiliar nessas situações.

Compressas frias

A realização de compressas frias, que pode ser feita com o auxílio de uma toalha molhada ou bolsa térmica colocada sobre o tronco e membros, é uma excelente medida para diminuir a temperatura. Essa medida deve ser evitada nos casos em que o paciente sente frio intenso, pois a umidade poderia acentuar o mal-estar.

Uso de medicamentos

Os antitérmicos possuem ação rápida e são bastante eficientes para combater a febre, porém, quando administrados por conta própria e sem avaliação médica, podem provocar alergias, sangramentos, lesões no fígado e alterações sanguíneas.

O banho morno é uma das medidas mais realizadas

Banhos mornos

Não é preciso que o banho seja demorado demais, pois uma ducha morna já é o suficiente para auxiliar na regulação da temperatura. O indicado é evitar o uso de água gelada, que acentua o aumento da frequência cardíaca, resultante do quadro febril.

Continuar Lendo  Crianças com febre: Saiba quando apelar aos antitérmicos

Roupas adequadas

É muito importante vestir peças de roupa confortáveis e que permitam boa ventilação. Um moletom ou camiseta de algodão são ótimas opções, enquanto que os tecidos sintéticos devem ser evitados.

Veja também: Por que a febre causa frio?

Repouso

O descanso adequado é indispensável para que o organismo recupere as energias, uma vez que a febre acaba resultando num intenso desgaste do corpo, sobrecarregando todo organismo.

Hidratação

Tomar bastante líquido e manter a hidratação adequada é uma excelente dica para baixar a temperatura do corpo e ainda prevenir complicações decorrentes da desidratação.

Alimentação leve

A dieta de um paciente com febre deve ser leve e de fácil digestão. É importante lembrar-se de se alimentar bem, pois o consumo de energia aumenta conforme a temperatura sobe.

Manter a hidratação adequada diminui a febre

Para evitar todo o mal-estar resultante do processo febril, basta seguir as dicas, sem se esquecer de que o objetivo dessa terapia é tratar um sintoma, e não especificamente o problema. Por isso é recomendado uma visita ao médico, para que a causa da febre seja investigada e tratada de maneira adequada.

Top