Dicas de Casamentos Evangélicos

O casamento sempre é uma situação especial, não somente para os noivos presentes, como também para as famílias reunidas, para os amigos e parentes…

Por Redacao em 10/07/2011

O casamento sempre é uma situação especial, não somente para os noivos presentes, como também para as famílias reunidas, para os amigos e parentes e todos os presentes. Mas, somente os noivos sabem quão trabalhoso é para se transformar em sucesso os planos de um casamento com festa, cerimônias e todos os outros detalhes. E, quando a cerimônia e celebração desta união devem seguir um tema ou delimitações específicas, pode até parecer que tudo seja mais fácil, no entanto, o trabalho pode também se complicar ainda mais. Para quem deseja realizar tudo isso de acordo com as tradições e exigências evangélicas, aqui vão algumas dicas recolhidas de diferentes sites pela web.

Não há uma ordem específica com o que se preocupar e, sim, muitas informações e detalhes que devem ser vistos e revistos. Nos dias de hoje, a cerimônia de casamento se encontra com diversas alternativas e iniciativas modernas, geralmente partindo das ideias e vontades dos noivos, rompendo com costumes tradicionais. Esta prática pode ser um sucesso, sim, mas, ainda que a vontade dos noivos prevaleça, é preciso cautela ou simplesmente deixar claro sobre o que a celebração vai procurar apresentar, para que não haja situações delicadas por parte dos convidados, sejam eles membros da família ou somente amigos.

A localidade da cerimônia é algo que pode delimitar muitas coisas, mas não a importância do ritual. Na praia, sítios, chácaras, no topo de prédios, na piscina, em alto mar ou em qualquer outro lugar, o que sempre deve ser verificado é a segurança do lugar com relação a comportar todo o número de convidados dos noivos. Os detalhes da decoração, o Buffet, figurino e todos os outros itens podem seguir o tema idealizado pelo casal e, se não houver algum específico, ou se ainda existir alguma dúvida com relação, o próprio lugar da celebração da união pode servir como tema para os convites, os doces, o Buffet e tudo mais.

Mas, como se trata de um casamento evangélico, se houver pessoas de outras religiões, deve ficar claro que a vontade dos noivos é suprema com relação à realização de qualquer comemoração ou manifestação simbólica de apego religioso.  Em um casamento evangélico, uma das maiores diferenças com relação à celebração de um ritual católico é a escolha do estilo musical. Enquanto a igreja católica mostra na tradicional marcha nupcial uma marca de seus valores, a celebração evangélica traz uma variedade musical voltada para os seus fiéis, tendo conhecidos intérpretes musicais do cenário evangélico.

A presença de figuras como os padrinhos, damas de honra, pajens, vestido branco e outras características religiosas ficam todas por conta dos noivos. Obviamente, é preciso ter os detalhes confirmados com a localidade e o com o pastor, juiz ou mestre de cerimônia. A questão da religiosidade pode interferir na realização de algum item em específico, como a localidade, ou escolha de um tema.

Para os mais apegados à igreja, uma conversa com o líder religioso pode ajudar na escolha ou direcionamento do que é ou não aconselhável na celebração.

Top