Dicas de beleza no pós-parto

Ser mãe é um sonho de muitas mulheres, contudo há alguns preços que pagamos para que essa dádiva seja conquistada com sucesso. Algumas mães…

Por Editorial MDT em 23/10/2012

Ser mãe é um sonho de muitas mulheres, contudo há alguns preços que pagamos para que essa dádiva seja conquistada com sucesso. Algumas mães apresentam manchas, celulite, queda de cabelos, estrias, olheiras, entre outras coisas. Isso mexe com a vaidade feminina, o que pode facilmente ser revertido com alguns truques simples.

Algumas dicas podem te ajudar na recuperação pós-parto, ganhando vitalidade e beleza. (Foto: Divulgação)

Dicas de beleza

O inchaço no rosto e no corpo é uma consequência natural devido ao aumento dos hormônios estrógenos e também da progesterona. Para resolver esse impasse a drenagem linfática mecânica pode ser utilizada após o aval de seu médico. O ideal é a realização de duas sessões por semana com 50 minutos cada, contendo ao menos um dia de espaço entre elas.

A drenagem linfática manual, caseira, pode ajudar a diminuir o inchaço causado pela gravidez. (Foto: Divulgação)

Para quem teve queda capilar provocada pelo estresse da gravidez, uma forma simples de combater é a estimulação da circulação da corrente sanguínea. O certo é o uso de um spray multivitamínico no couro cabeludo pelo menos três vezes ao decorrer do dia. Para as mães que não amamentam, o composto vitamínico em cápsulas também é indicado.

A gordura localizada é o grande pesadelo. Ela nasceu para que seu filho tivesse uma boa proteção e também uma fonte rápida de energia. Vale lembrar que não é apenas a gordura em si, mas também o crescimento do útero que se expandiu junto com o bebê (fica parecido, do mesmo tamanho de um melão assim que você dá a luz). A solução dada pelos médicos são sessões de Reaction que pode, inclusive, ser usado enquanto há amamentação. Pode ser realizado uma vez por semana durante 15 minutos num total de 06-10 sessões.

Como eliminar as estrias

As estrias podem ser eliminadas com tratamentos à laser. Durante a gestação, o uso de óleos pode amenizar o aparecimento das mesmas. (Foto: Divulgação)

Famosas e temíveis pelo público feminino, as estrias surgem com o estiramento da pele de forma inesperada pelo corpo. É como se fosse a ruptura dos tecidos que crescem sem que o corpo consiga acompanhar. Para que você consiga ter uma redução de até 80%, o ideal é que o tratamento comece ainda quando as mesmas estiverem avermelhadas. Os métodos indicados dentre todos é o uso do Pixel, que é um laser fracionado. Esse estimula a produção do famoso colágeno, o que preenche as estrias de dentro para fora juntamente com a destruição do tom avermelhado. O ideal é fazer de 03-06 sessões sendo uma por mês.

Leia também:

Cosméticos que podem ser usados durante gravidez

Alimentação para gestantes

 

Top