Dicas – Como Proceder em Casos de Queimaduras?

É incrível, mas nem todas as pessoas sabem proceder em momentos de acidentes de queimaduras! Este problema é algo sério visto que poderá ocasionar…

Por Redacao em 23/08/2011

É incrível, mas nem todas as pessoas sabem proceder em momentos de acidentes de queimaduras! Este problema é algo sério visto que poderá ocasionar graves lesões à pessoa ferida.
Refletindo sobre o assunto, consideramos até natural que algumas pessoas se comportem de forma apavorada e até fiquem sem saber o que fazer em momentos de extrema urgência. Isto ocorre pelo fato de que nunca esperamos que algo deste tipo aconteça conosco. Como todo mundo sabe que em todos os tipos de acidente a prevenção pode ajudar para que eles não aconteçam, mas, nem sempre só prevenir é sinônimo de solução, por isso no caso do inevitável acontecer selecionamos aqui dicas de como proceder em casos de queimaduras, afinal todo mundo está sujeito a se queimar.

No entanto, percebemos que é preciso ter conhecimentos básicos para socorrer a vítima que sofreu uma queimadura. O processo vai desde procedimentos no caso de queimaduras que devem ser adequados até o tratamento efetivo dos ferimentos por um profissional.

Para solucionar os casos, devemos ter cuidados específicos e acompanhados por um dermatologista. Para se ter ideia, a queimadura na pele (por ser composta de uma camada fina) poderá deixar sérias cicatrizes. Por isso, apresentaremos alguns cuidados e procedimentos que devem ser tomados.
Conheça os três graus de queimaduras seguidos de suas respectivas recomendações:

– Primeiro grau: Geralmente são queimaduras leves e avermelhadas. Em linhas gerais, este tipo de acidente ocorre em casa sendo provocado na cozinha através do fogão.
Para socorrer a vítima, em primeiro plano pode-se fazer uma lavagem com água corrente no local específico. Isso fará com que ocorra um resfriamento da pele.
Vale lembrar que, em hipótese alguma, deve-se utilizar produtos químicos. Apenas os profissionais estão habilitados para este procedimento.

– Segundo grau: A queimadura provoca formação de bolhas e ardor no local. Neste caso, lave o ferimento com água corrente fria. Se o ferimento atingiu várias partes do corpo, alguns cuidados são recomendados como o de não estourar as bolhas. Isto pode causar uma infecção à pele e trazer problemas futuros para o local do ferimento.

– Terceiro grau: São os mais graves e podem deixar graves sequelas no corpo. Neste caso, é altamente recomendado que se busque o socorro médico o quanto antes para que os procedimentos adequados possam ser tomados.
Agora, muita atenção:

Em todos os casos, não se deve fazer aplicação de gelo no local da queimadura. De imediato você sente uma sensação de alívio, mas na verdade, ele contribui para danificar ainda mais a sua pele. Creme dental, manteiga e antibiótico também não devem ser usados visto que estes produtos podem provocar uma infecção na área afetada. Em casos de queimaduras de primeiro grau, pode-se fazer o uso de creme e gel à base de Aloe Vera (Babosa), de preferência os que são 100% naturais.

Para quem ainda não sabe, a Babosa possui substâncias cicatrizantes as quais auxiliam na recuperação da pele. Além disso, tem forte poder analgésico para aliviar a dor. No decorrer dos dias ou meses (caso seja constatado algum tipo de infecção ou demora excessiva na cicatrização) é importante procurar um dermatologista para uma avaliação da sua pele. Conheça mais alguns procedimentos simples para evitar queimaduras:

  • Se você terminou de passar roupas, desligue imediatamente o ferro;
  • Não deixe as crianças na cozinha enquanto estiver preparando os alimentos;
  • Cuidado para não se encostar no cano de escape da moto.

Caro, tomando esses cuidados simples certamente você evitará desde uma queimadura simples até a mais grave. Por isso, fique atento!

Top