Dia do índio – Conheça a origem da data

Em todos os anos uma data marca o calendário brasileiro e é comemorada em todo o território nacional. Não há quem nunca tenha feito…

Por Editorial MDT em 16/04/2012

Comemorado no dia 19 de abril, a data representa a luta da população indígena por sua cidadania. (foto: divulgação)

Em todos os anos uma data marca o calendário brasileiro e é comemorada em todo o território nacional. Não há quem nunca tenha feito um trabalho sobre esta data comemorativa, mas muitos nem mesmo compreendem o como ela nasceu. A data comemorada anualmente em 19 de abril, tem o objetivo de preservar o orgulho e identidade indígena, perdidos pouco a pouco com o contato do índio com o homem branco.

A história por trás do dia do índio

No Brasil, a data foi comemorada pela primeira vez em 1943, no governo de Getúlio Vargas, mas o dia escolhido para a comemoração das raízes culturais e preservação do patrimônio indígena não foi escolhido aleatoriamente.

Em 19 de abril de 1940 ocorreu na cidade mexicana de Patzucuaro o primeiro Congresso Indigenista Internacional. Esse congresso pretendia debater os assuntos relacionados às sociedades indígenas de cada país do continente americano. Foram convidados representantes de todos os países americanos.

Os índios receberam convite de honra, pois eram o principal motivo do evento, porém, devido aos longos anos de sua história em que foram perseguidos e traídos pela sociedade do “homem branco” decidiram se manter afastados. Ao longo do congresso diversos convites foram feitos e os índios passaram a se inteirar sobre os reais propósitos da reunião e da importância que existia na luta pela garantia dos seus direitos. Com isso decidiram participar definitivamente das reuniões de Patzcuaro.

A valorização da cultura indígena e a preservação de sua cidadania é a melhor forma de celebração do Dia Do Índio (Foto: Divulgação)

Devido a importância histórica que envolvia a proteção do indigenismo das Américas, os congressistas instituíram o dia 19 de abril como o “Dia do índio” em diversos países, uma festividade internacional com o objetivo de zelar pela garantia dos direitos, tanto civis quanto culturais dos índios, nascendo o Instituto Indigenista Interamericano.Ainda demoraram três anos para que o governo brasileiro aderisse às deliberações do Congresso Indigenista e graças aos apelos feitos pelo Marechal Rondon foi que o Presidente da República Getúlio Vargas determinou a adesão do Brasil ao instituto interamericano, nascendo assim o dia do índio no país.

 A importância da preservação das raízes

O objetivo de criar um dia que buscasse evidenciar a luta pelos direitos dos povos nativos mostrou a importância de se preservar a cultura. Os índios representam uma parcela importante da sociedade que deve ser protegida.

Sentindo-se traídos pelo homem branco, inicialmente mantiveram-se afastados, mas descobriram que a melhor forma de luta seria conhecer os seus direitos. (Foto: divulgação)

Após a criação desta data comemorativa, medidas como o estatuto do índio e a Funai foram criadas para preservar aqueles que continuam vivendo isolados da sociedade brasileira, dentro de aldeias, em contato apenas com sua cultura original.

O ser humano não pode passar por cima dos outros, impondo costumes e matando culturas e este dia serve para lembrar a todos que a população indígena precisa ser protegida, suas raízes e culturas preservadas para que não desapareçam como vários povos extintos.

Top