Desempenho das Escolas no Enem 2010

Na segunda-feira (12/09), o Ministério da Educação (MEC) finalmente divulgou os rankings de desempenho das escolas brasileiras no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem…

Por Editorial MDT em 15/09/2011

Na segunda-feira (12/09), o Ministério da Educação (MEC) finalmente divulgou os rankings de desempenho das escolas brasileiras no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2010).

Novidades nos critérios de divulgação.

Os números dão conta de que 4.626.094 estudantes fizeram o Enem em 2010. Número que promete aumentar para a edição deste ano, que conta com 5,3 milhões de inscritos.

Os rankings apresentam novidades e a elas é atribuída a demora na exposição dos desempenhos das instituições, que inicialmente era prevista para julho. A participação de cada escola foi levada em conta para a avaliação dos resultados, com a criação de quatro categorias de acordo com as taxas de adesão dos alunos em cada instituição de ensino.

De acordo com informações divulgadas pelo portal G1, essa nova forma de divulgação evita comparações equivocadas e rankings distorcidos, visto que a participação na prova não é obrigatória e uma escola poderia incentivar apenas os melhores alunos a realiza-la e obter uma media alta, mas que talvez fosse diferente caso houvesse participação maciça.

Os resultados ficaram divididos da seguinte forma:

– Grupo 1: de 75% a 100% (4.640 escolas)
– Grupo 2: de 50% a 74,9% (5.444 escolas)
– Grupo 3: de 25% a 49,9% (8.616 escolas)
– Grupo 4: de 2% a 24,9% (7.399 escolas)

Escolas com menos de 2% de participação de alunos não foram consideradas na avaliação dos resultados.

Quanto a média total da escola, ela é calculada pela média do número de alunos fizeram as provas objetivas e pelo de estudantes que fizeram a redação.

Desempenho das escolas do grupo principal.

Para especialistas o resultado reforçou as desigualdades existentes na qualidade de ensino público e privado.  Entre as cem melhores do grupo principal, 87 delas são particulares enquanto apenas 13 são públicas. Dentre estas, nenhuma é estadual ou municipal: as escolas públicas que se destacaram são colégios de aplicação de universidades, colégios militares, escolas federais e escolas técnicas.

Com relação ao exame anterior, o desempenho melhorou. Segundo informações do G1 a nota média geral das instituições subiu de 501,58, em 2009 para 511,21 em 2010. A adesão dos alunos também melhorou, de 45,8% para 56,4% em 2010.

A primeira do ranking das escolas entre o grupo principal é o Colégio de São Bento, do Rio de Janeiro, instituição privada com média de 761,7 pontos e 100% de taxa de participação. A instituição pública que obteve a melhor média foi o Coluni – Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa, de Minas Gerais, com média de 726,42 e participação de 98,1%.

Já o pior desempenho do ranking do grupo principal foi a Escola Estadual Indígena Txeru Ba’ e Kua, de Bertioga (SP), que obteve média de 432 pontos.

Segundo o portal G1, entre os mil piores desempenhos, 704 eram de instituições públicas e 296 eram escolas privadas.

Se você deseja saber o desempenho da sua escola, os resultados foram disponibilizados no site do Inep. Acesse http://www.inep.gov.br/

Enem 2011

A próxima edição do exame está marcada para os dias 22 e 23 de outubro e já conta com mais de 5,3 milhões de inscritos. Para acompanhar inscrições ou ter mais informações a respeito de procedimentos, acesse o site do Inep: http://www.inep.gov.br/

Top