Descubra como funciona o procedimento de fotodepilação

Depilação semi-definitiva? Isso mesmo! Não é correto usar o termo “depilação definitiva”, pois ainda não existe tratamento que consiga realizar tal feito. O procedimento…

Depilação semi-definitiva? Isso mesmo! Não é correto usar o termo “depilação definitiva”, pois ainda não existe tratamento que consiga realizar tal feito. O procedimento que leva esse nome hoje é a fotodepilação que consegue reduzir em até 95% os pelos da área tratada, mas não 100%. Essa opção também vem sendo usada para tratamentos de problemas ligados ao envelhecimento da pele. O procedimento consiste na absorção de grandes quantidades de energia sob a forma de luz, por parte da melanina, substância presente nos pelos e na pele. Pode ser chamada também de “depilação a laser”.

 

A depilação só não acontece totalmente porque a pele é um órgão vivo e está em constante regeneração. Sendo assim, ela pode criar novos folículos. Os mesmos são destruídos com a luz do tratamento. É no folículo que o pelo nasce. É como se a fotodepilação matasse a origem do pelo. Em alguns pontos eles ainda nasceram, pois a pele da conta de “fabricar” novos folículos.

 

Muitos pesquisam sobre como funciona o procedimento de fotodepilação. Ela pode ser feita com laser ou ainda luz pulsada. Os dois métodos são bastante eficazes na remoção dos pelos. A pele precisa ser preparada antes do procedimento. Normalmente o profissional faz uma esfoliação e limpeza de pele no local, dilatando os poros. Para a proteção da pele se aplica um gel próprio na mesma.

 

O tratamento pode ser aplicado em homens e mulheres de todas as idades, mas os resultados são mais satisfatórios na pele branca. Na pele morena, os pelos costumam ser mais grossos. A fotodepilação tem efeito, mas não tanto quanto na pele branca. Além disso, o procedimento pode deixar manchas, por isso é preciso escolher um profissional bastante experiente na área.

Leia Também:  Xuxa fala pela primeira vez sobre abusos que sofreu na infância

 

O procedimento de fotodepilação é oferecido em clínicas de estética por todo o país. Os preços estão bem mais acessíveis e você ainda encontra diferentes descontos especiais. A compra coletiva, por exemplo, vem sendo uma modalidade muito comum entre tratamentos estéticos como esse. É possível encontrar pacotes de sessões com mais de 50% de desconto.

 

Não há dor, apenas uma sensação de calor na área onde a luz está sendo aplicada. É um tratamento indicado para quem sofre com o excesso de pelos, seja no rosto, na região intima ou em qualquer parte do corpo. Algumas pessoas acabam nascendo com disfunções hormonais ou mesmo excesso de pelos em algumas partes do corpo. A fotodepilação é o método mais indicado para esses tipos de pessoas.

 

A fotodepilação é um tratamento progressivo, tendo em consideração que as reações para cada pessoa são diferentes. Diferentes fatores interferem na quantidade de sessões. Em média são realizadas cerca de 10 sessões em cada região tratada.

 

 

 

 

 

Top