Descubra a posição correta para dormir

O sono regula uma série de funções no nosso organismo, mas para os leigos basta saber que uma noite bem dormida é a ferramenta…

O sono regula uma série de funções no nosso organismo, mas para os leigos basta saber que uma noite bem dormida é a ferramenta ideal para uma vida mais saudável, eficaz no trabalho e ainda para o aspecto emocional da pessoa. Portanto, saber como dormir é fundamental. E não só de posição estamos falando. Escolher os produtos, ambiente e momento adequados também ajuda – e muito. Mas vamos começar com a postura correta para se dormir.

A maneira mais correta de se dormir é lateralmente com um dos braços dobrados e alinhados um ao outro. A cabeça deve permanecer na linha da coluna e nem ficar dobrada à frente, nem para trás. Caso você tenha pernas mais alongadas e finas, é indicado o uso de uma almofada entre as pernas para mantê-las alinhadas também. Aqueles que têm pernas mais encorpadas não precisam, pois a perna que está por cima fica alinhada ao corpo pela base da outra.

O que não é correto, ainda dormindo de lado, e como citado acima, é curvar a cabeça para frente, sobre as mãos, pois dessa forma a coluna não fica em linha reta. Caso as mãos sejam posicionadas sob o travesseiro na hora de dormir, isso pode fazer com que o travesseiro fique muito alto, desalinhando a cabeça. As pernas, não podem ser cruzadas, seja esticadas ou dobradas, pois assim elas exercem um força sobre a bacia e acabam forçando a coluna.

Dormir de costas apenas em caso de se estar doente. Se for necessário se manter nessa posição, a dica é utilizar um travesseiro anatômico que se alinhe ao pescoço. Caso contrário ele ficara forçando a coluna. Além disso, o colchão deve moldar todas as curvas (das costas e bacia). Mias fácil dormir de lado que achar um colchão desses, concorda?

Leia Também:  Entenda os perigos dos remédios soníferos

De bruços, nunca. A posição força demasiadamente a coluna lombar. E não adianta colocar um travesseiro sob a barriga, pois isso pode até aliviar a pressão sobre a coluna, mas atrapalha e muito a digestão. O que se pode tentar é dormir sem travesseiro, pois dessa forma a coluna ficará alinhada, mas e quem consegue?

Além de tudo isso, dormir de lado mantém a respiração mais fluida, com canais desobstruídos e diminui a incidência de ronco, pois evita que a gravidade empurre a língua na direção das vias respiratórias.

O colchão não pode afundar, portanto tem de ser de uma densidade compatível com o seu peso. Dê prioridade a marcas tradicionais do mercado, pois elas oferecem produtos de mais qualidade e mais duradouros.

Os principais tipos de colchão são: Molas individuais ensacadas (indicado para casais), espuma (tem de ser com densidade adequada ao usuário), espuma viscuelástica (recomendada para pessoas que tenham problemas respiratórios e alergias, pois é mais resistente a fungos, bactérias e poeira), látex (indicado também para pessoas com problemas respiratórios).

Já os travesseiros são: ortopédico (facilita o encaixe da cabeça por ser anatômico), espuma (deve ter a densidade adequada para cada pessoa), pena (é fofinho, mas nada indicado, pois as penas se deslocam e não ajudam na manutenção da cabeça no devido alinhamento), látex (é antialérgico, antiácaro, antibactéria, antimofo, antitérmico, por conta dos furinhos nele contido… e ainda é lavável).

Top