Depilações que causam menos alergia

Com a chegada do verão e do calor, todos querem estar bonitos, com corpo em forma, dourados pelo sol e sem pelos. Para aproveitar…

Por Editorial MDT em 03/02/2012

Depilações que causam menos alergia. (Foto: Divulgação)

Com a chegada do verão e do calor, todos querem estar bonitos, com corpo em forma, dourados pelo sol e sem pelos. Para aproveitar bem essa estação tão quente sem passar calor, é essencial manter a pele bem cuidada e a depilação em dia, principalmente as mulheres que desejam usar saias e deixar as pernas a mostra.

A verdade é que ter a pele sempre lisinha e sem pelos é muito bom, mas também é um trabalho árduo, muitas vezes doloroso e que pode causar alergias e irritações bem incômodas. Existem diversos tipos de métodos depilatórios, sendo que cada um se adéque melhor a um perfil.

Depilação a laser. (Foto: Divulgação)

Para as mulheres que desejam ficar um bom tempo sem nenhum pelinho, sem passar por alergias e irritações de pele, a melhor alternativa é a depilação a laser que chega a inibir o nascimento dos pelos por até 2 anos. As únicas precauções antes de efetuar o procedimento é aplicar um creme anestésico, pois evita ardência causada pelo calor dos raios na pele. A aplicação é totalmente indolor e leva cerca de 30 minutos nas axilas virilhas e até uma hora nas pernas. As únicas contra-indicações são as peles bronzeadas que podem ficar sensíveis e manchadas, além de tomar cuidado com o sol por duas semanas.

Depois do tratamento a laser, um dos métodos de depilação que menos causa alergias é a depilação a cera quente e fria. As ceras são confeccionados a base de produtos naturais como o mel e algas e causam um pouco de dor, mas possuem uma duração de cerca de 30 dias e na maioria das vezes não causa alergias e irritações de pele. Enquanto a cera quente abre os poros e remove os pelos com maior facilidade, a fria causa mais dor, mas ainda assim provoca menos alergias. O cuidado com esse tipo de depilação deve estar na limpeza e hidratação da pele, além do efeitos do sol, que devem ser neutralizados com um protetor solar.

Depilação com cera. (Foto: Divulgação)

O método mais simples, barato e indolor é a depilação com lâmina de barbear. Apesar da facilidade e do baixo custo, a depilação com lâmina é uma das piores para a pele já que na maioria das vezes irrita o local, podendo causar alergias e até mesmo pelos encravados. Para amenizar esse efeitos, recomenda-se o uso de um hidratante após a depilação que dura em média uma semana.

Os cremes depilatórios também são uma opção bem rápida e barata, mas assim como a lâmina, não removem o pelo, apenas cortam sua superfície, o que proporciona um crescimento rápido, além de algumas alergias em peles mais sensíveis.

Top