Depilação íntima em casa: cuidados

Por diferentes motivos, muitas mulheres sentem-se mais confortáveis fazendo a depilação íntima, em casa. Cada qual escolhe o método que mais se encaixe com…

Por Editorial MDT em 30/09/2013

Por diferentes motivos, muitas mulheres sentem-se mais confortáveis fazendo a depilação íntima, em casa. Cada qual escolhe o método que mais se encaixe com suas necessidades. Há partes em que a remoção dos pelos é mais fácil, como é o caso das pernas. Já a virilha e sua região são mais sensíveis e necessitam de atenção. Conheça alguns cuidados ao fazer depilação íntima em casa.

Se optar por lâmina, use creme de barbear (Foto: Divulgação)

Cuidados antes da depilação íntima

Para facilitar a remoção de pelos, é indicado fazer uma esfoliação da pele do local, um ou dois dias antes. Isso irá remover células mortas e limpar os poros. Este cuidado é mais importante para os casos de depilação com cera ou aparelho elétrico. Já a depilação com lâmina não necessita disso.

Antes de fazer a depilação íntima, é importante limpar a pele, removendo todas as impurezas e, principalmente, a oleosidade. Basta lavá-la, usando sabonete, de preferência neutro. Evite aqueles que contêm muito hidratante.

Se optar por cera quente ou fria, vale e pena colocar um pouquinho de talco, na região a ser depilada. Isso irá evitar que a cera grude demais na pele, ferindo-a, ao ser puxada.

Mulheres que preferem usar cremes depilatórios devem ter o cuidado de testá-lo na pele do pulso, antes de aplicá-lo na virilha. Isso evitará possíveis reações alérgicas.

A cera ou a folha devem ser puxadas de baixo para cima (Foto: Divulgação)

Cuidados durante a depilação íntima

A cera deve ser aplicada na pele, começando pelo crescimento dos pelos e indo até suas pontas. Basta esperar que a cera grude bem e puxar sua pontinha (perto das pontas dos pelos). Em seguida, deve-se puxar tudo de uma só vez, indo na direção contrária ao crescimento dos pelos.

A depilação íntima com lâmina, ao contrário, não pode ser feita, passando-se a lâmina contra o crescimento dos pelos. Isso irá favorecer o encravamento e o surgimento de foliculite. Use um creme de barbear para facilitar o deslizamento da lâmina.

Cuidados após e depilação íntima

Virilha lisinha, pronta para o verão (Foto: Divulgação)

A pele sempre fica sensível e irritada, após a depilação íntima. Invista num produto específico de limpeza pós depilatória. Em geral, estes produtos ajudam a remover vestígios de cera ou creme, enquanto acalmam a pele. Dê preferência para os que contêm aloe vera ou ureia, em sua composição. Tais substâncias acalmam e hidratam.

Não faça esfoliações da pele, após a depilação. Espere ao menos cinco dias para esfoliá-la, novamente. Tal cuidado é importante, pois a pele estará muito sensível. A esfoliação, em seu tempo certo, ajudará a evitar pelos encravados.

Não se esqueça de aplicar creme hidratante, na região depilada. A pele precisa de hidratação, pois estará mais sensível do que antes. Além disso, o ressecamento constante prejudicará a remoção dos pelos, na próxima sessão.

Top