Depilação a laser: Tire suas dúvidas

Algumas mulheres são privilegiadas por terem os pêlos finos e loiros espalhados pelo corpo, já outras sofrem por terem uma grande quantidade escura de…

Laser

Algumas mulheres são privilegiadas por terem os pêlos finos e loiros espalhados pelo corpo, já outras sofrem por terem uma grande quantidade escura de pelos espalhados por toda a parte, atualmente homens também sofrem com esse problema, principalmente no rosto, tendo que fazer a barba quase que diariamente, mas a boa noticia é que a depilação a laser pode acabar com esse sofrimento. Quem nunca pensou em se livrar definitivamente do uso constante de cera, cremes ou até mesmo lâminas?

A procura por esse método de depilação vem crescendo, pode-se encontrar aparelhos cada vez melhor, apropriados para diferentes tipos de pele. A depilação a laser não deve ser chamada de definitiva e sim de “depilação prolongada.”

Ao contrário do que muitos pensam a depilação a laser não é definitiva, apesar de ser muito eficaz, ela não elimina os pelos para sempre, elimina o pelo porque emite um laser que queima o pelo até a raiz, a melanina presente no pelo atrai e recebe a maior parte dessa energia, que é transmitida ao folículo piloso. Essa energia elimina ou retarda a capacidade do folículo produzir um novo fio. Para que essa depilação seja eficaz é necessário aquecer a raiz do fio a 60°C e isso causa uma dor. É eliminado em média 30% dos pelos a cada sessão. Os pelos que não são eliminados crescem lentamente, porém, espaçados, mais claros e mais finos. Ao final do tratamento bloqueia o crescimento de até 80% dos pelos. Quanto mais escuro for o pelo, melhor será o resultado com o laser. O resultado pode durar até 5 anos.

Para fazer essa depilação é necessário um preparo, a pele não pode estar bronzeada e os pelos precisam ter raiz, ficar cerca de 30 dias sem depilar com cera, usando apenas a lâmina. As sessões devem ser feitas com intervalos de 30 dias. Esse tratamento deve ser feito após avaliação médica e os resultados são individuais, não é possível basear-se pela média. Pode ser feito em qualquer parte do corpo e não tem contra indicação, apenas em caso de pelos brancos não há eficácia, visto que esses já não possuem melanina.

Leia Também:  Fotodepilação e depilação a laser: qual a diferença

A depilação a laser dói, mas bem menos que a depilação comum com cera. Há mais uma sensação de ardência do que de dor.

Existem diferentes tipos de aparelho para depilação a laser: laser de diodo ou light sheer, Nd-yag e luz intensa pulsada.

Após a depilação, o local onde foi utilizado o laser fica quente e vermelho. Porém esse incômodo dura apenas de três a quatro horas, mas alguns locais podem ficar escuros e formar crostinhas que desaparecem em poucos dias. Dependendo do tom de pela pode aparecer manchas e queimaduras. É preciso ficar longe do sol 2 semanas antes e 3 semanas depois, pois o sol prejudica a cicatrização.

Em média, são feitas seis a oito sessões para eliminar todos os pelos, mas algumas pessoas podem necessitar de mais algumas sessões, podendo chegar até 10.

Top