Dependência emocional: saiba mais

Algumas pessoas simplesmente não conseguem lidar com as suas emoções. Elas são incapazes de construir uma vida feliz por conta própria e por isso…

Algumas pessoas simplesmente não conseguem lidar com as suas emoções. Elas são incapazes de construir uma vida feliz por conta própria e por isso precisam recorrer a outro alguém, capaz de suprir as carências sentimentais e a baixa autoestima.

Uma relação amorosa com dependência emocional é destrutiva. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Relacionamento abusivo: como identificar?

O que é a dependência emocional?

A dependência emocional é uma condição na qual uma pessoa é emocionalmente dependente da outra. Ela não acredita no seu próprio valor, não consegue tomar decisões e se baseia muito na opinião do outro para viver.

Quem sofre de dependência emocional normalmente é uma pessoa submissa e insegura, que não consegue enxergar o seu próprio potencial para encarar as situações ou fazer escolhas. A condição surge da necessidade de satisfazer carências internas e não simplesmente porque a pessoa gosta de ter a companhia do outro.

As vivências de uma pessoa podem fazer com que ela desenvolva dependência emocional. Situações críticas como a morte precoce dos pais, bullying e traições amorosas levam ao apego excessivo a alguém ou a volubilidade das emoções.

A dependência leva ao apego excessivo e a perda da própria identidade. (Foto:Divulgação)

A dependência emocional não se manifesta sozinha no indivíduo, ela normalmente surge acompanhada de outros problemas, como o medo da perda, a tristeza e carência excessiva. Tudo se torna mais complicado quando o terapeuta faz o diagnóstico de transtorno da Personalidade Dependente.

O transtorno da Personalidade Dependente é um padrão de comportamento que possui algumas características típicas, como a dificuldade de tomar decisões ou de assumir uma opinião, a falta de autoconfiança e a necessidade de transferir responsabilidades para os outros.

Quando uma pessoa é dependente emocionalmente de alguém, ela se anula por completo e perde a sua própria identidade. Toda a sua vida é estruturada em função do outro, por isso ela não sabe levar a sua existência sozinha.

Leia Também:  Camas infantis divertidas: fotos, dicas, preços

O relacionamento amoroso com dependência emocional não é algo saudável, por isso ele chega ao fim facilmente. Quando isso acontece, o dependente pode entrar em depressão e perder o controle da sua própria vida. Tudo tem a mesma mecânica de um vício, mas este envolve relações humanas.

A pessoa com transtorno da Personalidade Dependente precisa de terapia. (Foto:Divulgação)

A dependência emocional pode ser destrutiva, principalmente quando ela está associada a uma relação amorosa problemática. Um bom exemplo deste tipo de situação é quando a mulher, que já foi violentada pelo marido, resolve perdoá-lo e retoma os laços como se nada tivesse acontecido. O perdão reflete a esperança de que a relação possa ser boa novamente, mas tudo não passa de uma idealização.

Tratamento da dependência emocional

A pessoa que sofre de dependência emocional deve procurar um psicoterapeuta. As sessões de análise serão importantes para a tomada de consciência do problema, o autoconhecimento e a descoberta do próprio valor. No tratamento, o paciente aprende que primeiro precisa assumir as rédeas da sua vida e abraçar as responsabilidades para depois conseguir amar alguém.

Veja também: Descubra como acabar com a dependência emocional e liberte-se

Top