Degeneração da retina: sintomas, tratamento

A degeneração da retina é também conhecida como degeneração macular, trata-se de uma doença que afeta os olhos onde a visão fica obscurecida e…

Por Editorial MDT em 11/03/2013

A degeneração da retina é também conhecida como degeneração macular, trata-se de uma doença que afeta os olhos onde a visão fica obscurecida e diminui a capacidade de ver detalhes pequenos e finos. Porém, o problema não afeta a visão periférica e também não causa cegueira total. Saiba mais sobre o assunto e veja os sintomas e tratamento para degeneração da retina.

A degeneração da retina pode levar a perda gradativa da visão. (Foto: divulgação)

☰ CONTEÚDO

Degeneração da retina

Uma das principais causas da perda da visão após os 50 anos de idade é a degeneração mácula, uma pequena parte que fica na região central da retina. Dessa forma, ela é responsável pela percepção de detalhes.

O problema é causado devido a junção de restos celulares, formando cristais no fundo dos olhos, destruindo os fotorreceptores e provocando a aumento de vasos na retina. Isso faz com que surjam cicatrizes que prejudicam a mácula, comprometendo a visão e a habilidade de diferenciar as cores.

Existem dois tipos de degeneração macular da retina, sendo “atrófica ou seca”, “exsudativa ou úmida”. Na primeira situação ela pode evoluir de forma lenta e gerar a perda gradual da visão, sendo responsável por 90% dos casos. Já na segunda situação, ela se instala de forma a abrupta e pode levar a perda total da visão, representando 10% dos casos.

Veja também implante na retina poderá restaurar a visão dos cegos 

Sintomas da degeneração da retina

No início, a degeneração gera perda visual que não é percebida facilmente. Porém, conforme o problema vai se agravando, surgem sintomas como:

  • Visão borrada;
  • Manchas no centro da visão (chamados escotomas);
  • Pontos luminosos;
  • Problemas de adaptação ao escuro;
  • Redução da sensibilidade aos contrastes de luz;
  • Necessidade de maior iluminação para leitura;
  • Linhas distorcidas e tortuosas.

    A degeneração da retina ou mácula provoca dificuldade visual para enxergar detalhes. (Foto: divulgação)

Tratamento da degeneração da retina

O tratamento consiste na mudança de hábitos de vida. É essencial reduzir a ingestão de gorduras, controlar o peso e pressão arterial e aderir uma alimentação rica frutas, verduras, grãos integrais e outros como castanhas e amêndoas. O cigarro é um dos principais fatores de risco para desenvolvimento da doença, sendo assim o ideal é parar de fumar.

Dentre os métodos de tratamento está a terapia fotodinâmica, que é feita através de um corante sensível a luz injetada na veia. Eles chegam até as concentrações de vasos formados na macula, favorecendo para a aplicação de laser para destruí-los. Isso não melhora a visão, mas faz com que a perda seja limitada. Outra técnica utilizada é a injeção intra-ocular que agentes que diminuem o aumento de vasos sanguíneos na retina.

A remoção cirúrgica dos vasos gerados na mácula é feita somente em alguns casos específicos. Além disso, o implante de pequenos dispositivos intra-oculares para melhoria das imagens já estão sendo testados e geram muitas esperanças de manter a visão preservada na velhice.

Os idosos são os principais acometidos pela degeneração da retina. (Foto: divulgação)

Veja também descolamento de retina, sinais, o que fazer 

A degeneração da retina ou mácula é um problema muito comum principalmente em idosos, que gera a perda gradual da visão e deve ser tratado para evitar dificuldades visuais ainda mais graves. Caso apareçam os sintomas, o médico oftalmologista deverá ser consultado.

 

 

Top