Dedé: o Mito da Colina

O ano de 2011 foi mágico para o zagueiro vascaíno Dedé. Isso porque foi exatamente na atual temporada que o defensor de passadas largas…

Dedé foi o ladrão de bolas do Brasileirão, com média de 22,1 desarmes por jogo. (Foto/Divulgação)

O ano de 2011 foi mágico para o zagueiro vascaíno Dedé. Isso porque foi exatamente na atual temporada que o defensor de passadas largas e desarmes precisos despontou para o futebol nacional.

Apesar da pouca idade, Dedé rapidamente se tornou em um dos líderes do time do Vasco, que conquistou o título da Copa do Brasil no primeiro semestre. Com boas exibições e muita disposição, o zagueiro logo conquistou a idolatria da torcida cruz-maltina e passou a ser chamado de “Mito”.

Os bons jogos com a camisa do Vasco levaram o zagueiro a ser reconhecido também longe da Colina. Tanto que Mano Menezes, treinador da Seleção Brasileira, passou a convocar Dedé para os amistosos da seleção.

Os números do zagueiro no último Brasileirão comprovam porque Mano Menezes tem optado pelo defensor. Com a camisa do Vasco, Dedé foi o líder no ranking de desarmes no campeonato nacional, com média de 22,1 roubadas de bola por partida.


Top