Decoração azul: significados, cômodos, dicas

O azul é uma cor que costuma aparecer com frequência na decoração e que permite diferentes parcerias. Disponível em diferentes tonalidades, ela integra o…

O azul escuro deixou a sala de estar mais confortável.

O azul é uma cor que costuma aparecer com frequência na decoração e que permite diferentes parcerias. Disponível em diferentes tonalidades, ela integra o grupo das cores frias. Os moradores que optam pelo azul para compor o visual da casa com certeza desfrutam de tranquilidade e frescor.

Significado do azul

O azul desperta estímulos e sensações nas pessoas, exercendo assim poderosa influência psicológica. A cor proporciona relaxamento, tem propriedades terapêuticas, deixa o ambiente mais calmo e também ajuda a esfriar as áreas dependendo da sua tonalidade.

Quando usado na proporção certa, o azul consegue fazer uma boa associação com sentimentos nobres, como é o caso da honestidade, respeito, responsabilidade e integridade. Trata-se de uma cor poderosa porque costuma entregar os desleais e mentirosos, que não se sentem bem em um ambiente cercado por elementos azul.

Apesar de todas as vantagens que estão associadas ao azul, o uso da cor na hora de decorar tem que ser feito com muito cuidado, portanto, sem exagero. Quando o tom aparece com frequência em um espaço, aumenta a sensação de frieza e torna as pessoas indiferentes.

Leia mais: Azul-marinho: como usar na decoração, dicas

Combinações com o azul

Na dose certa, o azul combina com todas as outras cores.

O azul é considerado uma cor bastante democrática, ou seja, permite várias combinações. Cada parceria realizada possui uma simbologia no ambiente decorado, por isso é importante saber escolher a companhia certa do azul de acordo com o cômodo.

O azul na companhia do amarelo cria um ambiente jovem, intuitivo e espontâneo. Já quando o parceiro é o branco, a decoração passa a assumir um caráter mais clássico e romântico, transmitindo a ideia de serenidade e descanso. Para quem procura uma combinação irreverente, dinâmica e inspiradora, é recomendado experimentar o azul junto com lilás, laranja, vermelho e cor de rosa.

Não sabe como aderir azul? Leia mais: Como usar cores frias na decoração

Como usar azul em cada cômodo?

Quarto: o azul pode ser inserido no ambiente através de uma parede que atue como painel e faça contraste com o branco, criando assim um clima clássico e romântico. Os elementos responsáveis pela cor azul também podem ser as cortinas, roupa de cama ou tapete.

Sala de estar: o azul, quando incluso na área social da casa, reforça um clima de conforto e tranquilidade. Em tons claros ou escuros, a cor pode constar através da parede, do sofá, das cortinas, do tapete, dos enfeites ou das almofadas.

Sala de jantar: enquanto os móveis exibem cores neutras, o centro da mesa e os enfeites do aparador podem inserir um toque de azul no cômodo. Outra possibilidade também é a pintura de uma parede.

Banheiro: a decoração com azul fica por conta dos acessórios, como os enfeites do lavabo. Como é uma cor que faz referência a água, também é interessante pensar em um revestimento das paredes com pastilhas de vidro na cor azul, criando efeito ou não.

Cozinha: quando o morador opta por armários e eletrodomésticos na cor azul, ele está valorizando uma proposta de decoração estilo retrô. Caso não seja esta a proposta, a melhor forma de trabalhar com a cor é através do acabamento das paredes ou uso de acessórios.

 

A cozinha tem a parede pintada de azul.

Top