Declaração retificada do IR pode ser entregue a partir desse dia 2 de maio

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda acabou, mas a partir dessa quarta-feira, 2 de maio, quem não conseguiu enviar…

A partir de hoje é possível fazer a declaração retificada (Foto: Divulgação)

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda acabou, mas a partir dessa quarta-feira, 2 de maio, quem não conseguiu enviar os dados para a Receita Federal, ou esqueceu de informar algum rendimento, precisa encaminhar uma declaração retificadora. Em 2011, quem utilizava esse serviço tinha que instalar um novo programa no computador. Já nesse ano, com o mesmo sistema utilizado para declarar o IR 2012 a pessoa consegue retificar a declaração.

Quem atrasou para fazer a declaração recebe uma notificação e deve emitir uma guia de pagamento de multa pelo atraso de no mínimo R$ 165,74 e de no máximo 20% do imposto devido. Para pagar a multa e acertar as contas com a Receita o contribuinte deve acessar o campo “Declaração – Imprimir – Darf de Multa por Entrega em Atraso”. As pessoas que forem encaminhar a retificadora não poderá mudar modelo (mantendo como o primeiro envio).

Leia também: Imposto de Renda: casal

Em casos de dúvidas no IR, procure um contador (Foto: Divulgação)

Para fazer a declaração retificadora é necessário ter o número dos recibos em mãos. Na hora de preencher o documento, ele deverá responder “sim” à pergunta “Esta declaração é retificadora?” e nesse momento enviar o número do recibo da declaração a ser retificada. Tanto a declaração retificadora como as declarações em atraso podem ser entregues, também, nas unidades da Receita Federal

O órgão começa a pagar as restituições do Imposto de Renda de 2012 em 15 de junho desse ano. Nessa data, o primeiro lote de restituição será pago e deve beneficiar, principalmente os idosos com mais de 60 anos. Em seguida, o segundo lote de restituição vai pagar primeiro para quem não deixou para última hora, já que a ordem de pagamento será a mesma do envio do Imposto de Renda.

Leia Também:  Declaração de Imposto de Renda 2014

Leia também: Imposto de renda: MEI

Para quem acha que pagou um valor de taxa maior do que o deveria, ou ficou com dúvidas se fez a declaração corretamente, procure um escritório de contabilidade ou um contador para evitar problemas com a Receita Federal. A chamada “malha fina” barra declarações feitas de maneira errada, que causam divergências de dados, fazendo com que o contribuinte tenha que realizar uma série de tramites para conseguir regularizar o seu CPF, além do pagamento de multas.

Top