De Malas Prontas: o que Levar ou não na Bagagem

Antes de colocar o pé na estrada, todo viajante tem um pequeno (ou grande) “detalhe” para resolver: a mala. Decidir o que levar na…

Antes de colocar o pé na estrada, todo viajante tem um pequeno (ou grande) “detalhe” para resolver: a mala. Decidir o que levar na bagagem é uma questão complicada para muitas pessoas, que acabam levando muitos itens a mais ou menos do que é necessário. Seja uma grande mala ou uma mochila mais econômica, a bagagem bem feita é essencial para evitar problemas durante a viagem. Veja as dicas que preparamos para ajudá-lo na tarefa de fazer as malas.

O tipo

Para viagens em que você ficará em apenas um lugar, malas de rodinha são uma boa escolha. Além de facilitarem o transporte no aeroporto ou na rodoviária e, depois, no caminho até a hospedagem, elas são práticas para a arrumação. Porém, se o destino for de aventura, como acampamentos, trilhas e afins, não pense duas vezes: opte pela mochila, que é prática para caminhadas. O tamanho das malas ou das mochilas deve ser escolhido de acordo com a duração da viagem: viagens curtas pedem malas menores e vice-versa. No caso de viagens no estilo “mochilão” lembre-se de não levar uma mochila muito grande, pois se ficar muito pesada pode causar problemas nas costas.

O destino

Muito mais do que escolher entre a camiseta azul ou amarela, arrumar a bagagem requer um conhecimento prévio sobre o destino: condições climáticas e tipos de passeios são decisivos para saber quais os itens não podem faltar na mala. Caso a viagem aconteça durante o período chuvoso, por exemplo, botas e guarda-chuvas são indispensáveis, já no caso de praias com calor intenso, roupas leves e sapatos abertos são as melhores escolhas.

Quantidade

Para decidir a quantidade de roupas, é preciso levar em consideração não só os dias de viagem, mas usar a criatividade para conseguir fazer o máximo de combinações diferentes com o menor número de peças de roupa. Uma calça pode – e deve – ser usada mais de uma vez, para isso escolha camisas, camisetas e blusas em geral que combinem com a peça, por exemplo. O máximo de roupas para levar é relativo a quinze dias, caso sua viagem dure mais do que isso, opte por serviços de lavanderia em seu destino. Na hora de escolher os sapatos, atenção: leve os mais confortáveis e não escolha um modelo que seja novo, pois corre o risco de apertar e machucar os pés durante caminhadas pelos pontos turísticos do destino. Atente para escolher também os modelos mais básicos, que combinem com o maior número de roupas possível, evitando que você tenha que levar uma grande quantidade de pares de sapato.

Organização

A disposição das peças na mala é essencial para economizar espaço e garantir que as roupas não amassem muito. Calças e peças mais pesadas devem ser as primeiras a serem colocadas na mala. Já as peças de malha podem ser dobradas e enroladas, para não amassarem muito. Além disso, os rolinhos garantem um maior aproveitamento do espaço. Jóias, óculos e peças menores e mais delicadas devem ser guardadas em caixas que garantam proteção. Já em relação aos sapatos, o ideal é colocá-los em sacos de pano separados.

Top