Data da Restituição do Imposto de Renda

Quem declara Imposto de Renda, não sendo Pessoa Física deverá pagar um percentual de sua renda para o governo. Quando esses contribuintes que prestam contas de forma correta, declaram mais que o necessário, depois tem direito a restituição desse valor.

O calendário da Restituição do IR já está disponível (Foto: Divulgação)

Calendário da Restituição 2018

Todo ano é estabelecido pelo governo uma data para que os trabalhadores prestem conta com a Receita Federal. Quem passa desse prazo tem que pagar uma multa que é no valor de R$ 165,64, e ainda pode chegar a 20% do Imposto devido. Para quem declarou corretamente o Imposto de Renda e tem direito a restituição pode conferir a data no calendário abaixo:

I – 1º lote, em 15 de junho de 2018;

II – 2º lote, em 16 de julho de 2018;

III – 3º lote, em 15 de agosto de 2018;

IV – 4º lote, em 17 de setembro de 2018;

V – 5º lote, em 15 de outubro de 2018;

VI – 6º lote, em 16 de novembro de 2018; e

VII – 7º lote, em 17 de dezembro de 2018.

Como deu para perceber a restituição será feita em 7 lotes terminando em dezembro de 2018. O valor fica disponível para cada contribuinte na agência bancária de sua preferência, conforme foi indicada na DIRPF 2018.

No site da Receita Federal você obtém todas as informações (Foto: Divulgação)

Site da Receita Federal

O contribuinte que tiver dúvidas sobre a restituição do Imposto de Renda poderá entrar em contato direto no site da Receita Federal. Quem possui SmartPhone pode baixar o aplicativo e acompanhar a restituição através dele. Para consultar o seu extrato do IR deverá usar o código que é gerado na Receita Federal, ou também poderá usar o código geral, que pode ser emitido por um responsável.

No site o contribuinte pode localizar possíveis erros na declaração e retificá-los para depois enviar corretamente. O site facilita muito a vida dos cidadãos contribuintes.

Você pode ficar com a declaração retida na fonte (Foto: Divulgação)

Declarações Retidas na Fonte

No ano de 2017 a Receita Federal informou que tinha mais de 700 mil declarações estavam retidas, pois caíram na malha fina. O que ocorreu com a maioria foi a inconsistências nas declarações das despesas médicas. Para saber se você está ou não na malha fina é só acessar o site da Receita Federal, no link acima e você vai ficar por dentro de tudo.

Se você precisa declara seu Imposto de Renda não perca o prazo (Foto: Divulgação)

Declaração de Imposto de Renda

Fazer a Declaração do Imposto de Renda não é fácil, por isso a maioria das pessoas pede para algum escritório fazer a sua declaração. Tudo isso para evitar cair na malha fina. Por isso é importante guardar todos comprovantes médicos, pegar notas fiscais de exames e tudo mais para poder usar na declaração e ter direito a restituição. Agora que você já sabe as datas da restituição do Imposto de Renda pode fazer seu planejamento com a grana que vai entrar.

 

Artigos Relacionados

Artigos Relacionados

Reply