Danos causados pela escova progressiva

As mulheres não negam sacrifícios quando o assunto é beleza. Para ficarem lindas, submetem-se a tratamentos complicados, mal-cheiros e até maléficos à saúde. Um…

As mulheres não negam sacrifícios quando o assunto é beleza. Para ficarem lindas, submetem-se a tratamentos complicados, mal-cheiros e até maléficos à saúde. Um desses procedimentos é a escova progressiva, usada para deixar os cabelos lisos por um longo período. Portanto, se você ainda não a fez, saiba quais são os danos causados pela escova progressiva.

A escova progressiva pode causar a queda de cabelo. (Foto: Divulgação)

A escova progressiva pode causar a queda de cabelo. (Foto: Divulgação)

Danos causados pela escova progressiva

Um dos componentes químicos da escova progressiva, o formol, é muito perigoso para a saúde, tanto dos profissionais dos salões de beleza quanto para as clientes e as suas famílias, pois o seu cheiro se espalha por todos os lugares em forma de vapor. Ele é usado para destruir as moléculas que dão forma aos fios e, por isso, uma grande quantidade de queratina é juntada a ele, já que essa substância protege, hidrata e dá brilho ao cabelo.

Entretanto, o formol, que tem um odor penetrante e característico pode usado em quantidades iguais ou menores a 0,2% da fórmula do produto, como recomenda a Anvisa. Portanto, se estiver em maior quantidade, pode causar irritações nos olhos, na pele ou no nariz, chegando ao extremo de provocar a queda de cabelo, a perda do brilho, a alteração na textura dos fios, a queimadura do couro cabeludo e até a perda total dos fios.

Mas o formol não é o pior inimigo da saúde na hora de fazer a escova progressiva. O glutaral, que é componente de algumas escovas, é 10 vezes mais forte que o formol. Por isso, a Anvisa apenas admite no mercado produtos que contenham no máximo 0,1% dessa substância, que pode levar as pessoas à morte por causa de uma pneumonia química, que queima o pulmão quando o produto é inalado em grande volume.

Ela também pode ressecar os seus fios. (Foto: Divulgação)

Ela também pode ressecar os seus fios. (Foto: Divulgação)

Sendo assim, a escova progressiva não deve ser evitada por você a qualquer custo, contanto que o produto usado seja recomendado pela Anvisa. Você só precisa tomar alguns cuidados essenciais no momento de se submeter a ela: conhecer bem o cabeleireiro, que deve ser habilitado para tal procedimento; pedir para que ele prepare a mistura na sua frente; procurar o número de registro ao lado do símbolo da Anvisa na embalagem; pedir para que seja realizado o teste da mecha e pedir para que o profissional pare o processo a qualquer sinal de ardência, coceira, lacrimação dos olhos, tosse, rouquidão ou falta de ar.

Separamos uma listinha de cuidados com a progressiva. Essas dicas vão ajudar você a manter a saúde do seu cabelo e evitar que ele enfraqueça:

  • Hidratação do Cabelo – A hidratação deve sempre estar presente em qualquer situação, mesmo que você não use produtos com química. Ele vai manter a saúde e beleza do seu cabelo, além de deixar ele lindo e brilhante.
  • Lave em água morna ou fria – Água quente não faz seu cabelo ficar mais oleoso, isso porque ele estimula a produção de glândulas sebáceas. Lavando seu cabelo com água quente ele pode ficar ressecado e isso ajuda seu cabelo a ficar mais quebradiço.
  • Use produtos que proteger da química – Existe uma lista enorme de produtos que tratam cabelos com química. Esses produtos tem materiais específicos em sua formulação que ajudam a diminuir os danos referentes da química.
Mas se todas as precauções forem tomadas, faça a escova progressiva sem medo. (Foto: Divulgação)

Mas se todas as precauções forem tomadas, faça a escova progressiva sem medo. (Foto: Divulgação)

Ao tomar todas essas precauções, você pode fazer a sua escova progressiva sem problemas, contato que hidrate as suas madeixas a cada quinze dias e não use produtos que não sejam recomendados pela Anvisa.

Top