Curso técnico traz salário maior que universidade, diz pesquisa

Muitas pessoas menosprezam a oportunidade de fazer um curso técnico porque pretendem cursar o Ensino Superior. Entretanto, elas podem estar perdendo uma grande chance…

Por Isabella Moretti em 10/09/2012

Muitas pessoas menosprezam a oportunidade de fazer um curso técnico porque pretendem cursar o Ensino Superior. Entretanto, elas podem estar perdendo uma grande chance de impulsionar a carreira no mercado de trabalho, além de garantir um bom salário.

Curso técnico pode ser uma boa opção para ganhar bem. (Foto:Divulgação)

Curso técnico está rendendo mais que universitário

Uma pesquisa realizada pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) revelou que o curso técnico traz salário maior que a universidade. O levantamento feito pela instituição se baseou nos dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Saiba mais: Cursos Gratuitos SENAI 2012

O Serviço de Aprendizagem constatou através de suas análises que os profissionais técnicos mais buscados no estado de São Paulo são os projetistas e técnicos de manutenção, que ganham respectivamente, um salário inicial de R$ 4,1 mil e R$ 3,5 mil.

Os salários do projetista e do técnico de manutenção são mais altos do que as remunerações iniciais pagas aos analistas de sistemas e designers iniciantes, formados em cursos universitários.

O estudo do Senai ainda mostrou que, mesmo depois de 10 anos de experiência, os técnicos faturam mais em seus empregos do que os profissionais graduados. O levantamento também revelou que, em São Paulo, a renda média de 21 carreiras técnicas com uma década de experiência é R$ 6.018,33. O valor salarial destes trabalhadores é maior do que ocupações que exigem nível superior, como por exemplo, um farmacêutico ou de um engenheiro mecatrônico.

O levantamento também revelou que, em São Paulo, a renda média de 21 carreiras técnicas com uma década de experiência é R$ 6.018,33. (Foto:Divulgação)

Diante de um novo cenário no mercado de trabalho, muitos jovens estão deixando o curso superior pela meta de para iniciar uma formação profissionalizante. As áreas mais promissoras para os técnicos são construção civil e tecnologia da informação. A demanda de profissionais é grande e falta mão-de-obra qualificada para ocupar as vagas nas empresas destes segmentos.

As companhias que buscam técnicos, normalmente estão interessadas em empregar profissionais com visão prática e capacidade de atualização rápida, suprindo assim as necessidades imediatas de trabalho.

Embora o curso técnico abra uma grande oportunidade, o profissional que passou por esta formação deve dar continuidade aos estudos para ocupar cargos de maior responsabilidade. Incluir novas competências no currículo faz com que o indivíduo cresça em sua área de atuação e, consequentemente, aumente o salário.

Veja também: Curso técnico gratuito de manutenção automotiva

Vantagens do curso técnico

O curso técnico prepara para o mercado de trabalho e é mais curto que a graduação. (Foto: Divulgação)

Além de render um bom salário, que não fica tão atrás da remuneração paga ao profissional graduado, o curso técnico também oferece outras vantagens para o estudante. Veja:

– O curso técnico é um investimento a curto prazo e que facilita o ingresso no mercado;

– A formação técnica dura em média dois anos, enquanto a graduação é realizada em no mínimo quatro anos.

– Com o estágio obrigatório, o aluno descobre desde cedo as necessidades do mercado, desempenhando uma função.

Top