Curiosidades a respeito da vida dos pinguins

O entendimento e a aproximação do homem com a natureza faz refletir as principais necessidades de um ser humano. A forma como alguns animais…

Normalmente é o macho quem fica com o ovo (Foto:Divulgação)

O entendimento e a aproximação do homem com a natureza faz refletir as principais necessidades de um ser humano. A forma como alguns animais agem para sobreviver e proteger sua prole é muitas vezes comparado com algumas ações do homem e vice versa.

Logo em seguida haverá algumas curiosidades sobre a vida de uma grande ave marinha, personagem de muitos desenhos animados: O pinguim.
Anatomicamente, os pinguins são adaptados a vida marinha, as asas vestigiais, órgão que sofreu degeneração ao longo de sua evolução adaptativa, são inúteis para voo no ar, contudo na água são muito ágeis. Na terra, eles usam as caudas e asas para manter o equilíbrio na postura ereta.

Todos os pinguins possuem uma coloração por contraste para camuflagem,vistos ventralmente a cor branca confunde-se com a superfície refletiva da água, visto dorsalmente a plumagem preta os torna menos visíveis na água. Possuem também, uma camada isolante no corpo que ajudam a conservar o calor corporal na água gelada da Antártica.

Família de pinguins na Antártica (Foto:Divulgação)

O Pinguim-imperador apresenta a maior massa corporal de todos os pinguins, o que reduz ainda mais a área relativa e a perda de calor. Eles são capazes de controlar o fluxo de sangue para as extremidades, reduzindo a quantidade de sangue que esfria,  evitando que as extremidades congelem. Frequentemente os pinguins ficam agrupados para conservar o calor e fazem rotação de posições, para que cada pinguim disponha de um tempo no centro do bolsão de calor.

Eles têm a capacidade de ingerir água salgada do oceano porque as glândulas supraorbitais que eles apresentam, filtram o excesso de sal da corrente sanguínea. O sal é excretado em um fluído concentrado pelas passagens nasais.

Continuar Lendo  Músicas mais pedidas nos casamentos: saiba quais

No cuidado com a prole, normalmente é o macho que fica com o ovo e o mantém aquecido, enquanto a fêmea dirige-se para o mar para encontrar alimento. Quando ela regressa, o filhote terá alimento e então os papéis invertem-se: a fêmea fica em terra e o macho vai à procura de alimento.

A construção dos ninhos varia de espécie para espécie. Alguns cavam uma pequena fossa, outros constroem o ninho com pedras e outros ainda utilizam uma dobra de pele que possuem ventralmente para cobrir o ovo.

Eles trabalham em grupo já que uns precisam dos outros para sobreviver (Foto:Divulgação)

Os pinguins apresentam uma forma bem interessante para se deslocarem no gelo, já que apresentam certa dificuldade em caminhar. Eles deslizam de barriga, como se estivessem brincando de “tobogã”, usando as aletas e as patas para se impulsionar. Assim ganham velocidade e percorrem muitos quilômetros como é o caso do Pinguim-imperador durante o seu deslocamento para as áreas de reprodução no Continente Antártico e no retorno para o mar.

Pinguins são animais práticos, resolvem tudo de forma rápida e clara, facilitando a vida deles. Eles também trabalham em grupo já que uns precisam dos outros, pois se ficarem isolados podem morrer congelados ou serem devorados por focas, apesar de suas particularidades fisiológicas.

A forma de vida dos pinguins pode ser comparada com a forma de vida de humanos. É preciso trabalho em equipe para tudo dar certo.

Top