Culpa materna: como lidar

Culpa materna: como lidar

Junto com a maternidade, a mulher acaba assumindo várias responsabilidades, que muitas vezes resultam em sentimentos de impotência e incapacidade para cumprir com seu…

Por Editorial MDT em 23/05/2013

Junto com a maternidade, a mulher acaba assumindo várias responsabilidades, que muitas vezes resultam em sentimentos de impotência e incapacidade para cumprir com seu dever materno.  Esse tipo de situação é muito mais comum do que se imagina e costuma aparecer, principalmente, nas mulheres mais zelosas. Acabe com algumas dúvidas sobre o assunto e saiba como lidar com a culpa materna.

Saiba quais são os principais erros cometidos pelos pais na hora de educar.

Trazer o trabalho para casa é uma dica que vale a pena ser seguida. (Foto: divulgação)

Culpa por ter que sair para trabalhar

Trabalhar fora e ter que deixar o bebê sob o cuidado da babá, tia ou avó, é um verdadeiro dilema na vida de muitas mães. Para algumas mulheres essa situação pode causar muito sofrimento e dor. É importante saber que crianças muito pequenas podem ter algum prejuízo emocional, uma vez que a imaturidade psíquica as impede de entender que a mãe voltará, causando um desagradável sentimento de desamparo. Entretanto, isso não significa que toda mulher que tem filhos deva parar de trabalhar, sendo possível resolver o problema apenas com pequenos ajustes.

Algumas dicas que valem a pena serem seguidas são trabalhar menos horas por dia, tentar trazer o serviço para casa e dar uma saidinha rápida no horário de almoço para ver o pequeno. Nos casos em que nada disso é possível, é de suma importância garantir que o momento ao lado do bebê seja de muita qualidade e intimidade entre os dois.

Culpa por críticas negativas

As críticas e palpites com relação à educação do pequenino sempre irão existir, independente se a mãe cuida bem ou mal de seu bebê. As mulheres precisam se precaver e ter em mente que dar ouvidos aos comentários, especialmente quando vêm de pessoas muito diferentes, mais atrapalha do que ajuda. A melhor dica é seguir o instinto materno e filtrar os conselhos.

As críticas com relação à criação dos filhos sempre irão existir. (Foto: divulgação)

Culpa por não poder pagar creche ou escola particular

Toda mãe quer que o filho receba um ensino de qualidade, mas matricular o pequeno numa escola cara não vai garantir que ele aprenda mais e muito menos fará da mulher uma mãe melhor. O mais importante é deixar com que a criança saiba que, apesar dos pais terem seus limites, tentam oferecer o que têm de melhor. Incentivar o filho para que busque sempre mais conhecimento é outra medida essencial.

Culpa por perder a paciência com o filho

As crianças testam os limites dos adultos e é inevitável acabar perdendo a paciência em algum momento. As mães não devem se culpar por essa situação, que acontece com todos os pais e é totalmente aceitável. O mais importante é se controlar para não partir para violência física ou emocional. Caso isso aconteça, o jeito é sentar com a criança, pedir desculpas, explicar que errou e por que perdeu a paciência e que, apesar de todo o nervosismo, o ama muito.

Veja dicas de como educar a criança sem palmadas.

Ao perder a paciência a mãe deve se desculpar e conversar com o filho. (Foto: divulgação)

A culpa é um sentimento negativo que atrapalha o dia a dia de muitas mães, especialmente das mais preocupadas com o bem estar do pequenino. Vale a pena conferir algumas dicas para aprender a lidar com a culpa materna, que é completamente normal e não significa que a mulher esteja fazendo algo de errado.

Top