Cuidados para comprar Brinquedos

Editorial MDT 25/09/2011 Brasil

Com a aproximação do Dia das Crianças, muitos adultos estão saindo às compras de brinquedos para ver a garotada feliz e contente. No entanto, na hora de comprar os presentes dos seus filhos ou sobrinhos, certifique-se de que eles têm boa qualidade, pois brinquedos muito baratos podem trazer problemas à saúde das crianças. Por isso, saiba quais são os cuidados a serem tomados para comprar brinquedos.

O primeiro deles e o mais importante é verificar na embalagem do brinquedo se ele possui o selo do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial). Isso garante que ele foi testado e analisado por especialistas antes de chegarem às mãos das crianças.

O segundo ponto a ser verificado com cuidado é a idade indicada do brinquedo. Nunca compre brinquedos feitos para crianças mais velhas, pois eles podem conter peças pequenas demais para a idade da criança a ganhar o presente, o que pode ser extremamente perigoso para ela, que pode engolir essas peças. Em outros casos, a criança pode não achar o brinquedo interessante, já que ele não foi feito para ela.

Evite comprar brinquedos em lojas informais que, apesar de terem preços muito mais atrativos e serem muito parecidos com os originais, não foram testados no quesito segurança. Então, eles podem oferecer inúmeros riscos à saúde da criança: as tintas podem ter excesso de concentração de chumbo, cádmio e outros metais pesados; as pontas e bordas podem ser cortantes e a emissão de ruídos pode ser acima do estipulado pela legislação.

Ao comprar os brinquedos, exija sempre a nota fiscal, que é fornecida apenas pelos estabelecimentos legalizados. Somente ela garante que você possa fazer reclamações posteriores, seja à loja, à fabricante ou aos órgãos de defesa do consumidor.

Antes de comprar o produto, mesmo que ele tenha o selo do INMETRO, peça por uma demonstração dele, pois alguns itens podem ser avaliados por você mesma, já que a saúde e a segurança dos seus filhos estão em suas mãos.

Portanto, ao testar o brinquedo, verifique se os ruídos emitidos não são muito altos, porque eles podem causar a surdez das crianças; se eles não têm formas e cheiros de alimentos, o que pode fazer com que as crianças os engulam; se eles possuem formas ou bordas pontiagudas, o que pode machucar as crianças; se eles têm substâncias tóxicas ou se são de fácil combustão; se o prazo de validade não está vencido; se eles podem causar o sufocamento da criança com cordas ou sacos plásticos e se podem causar choques elétricos.

As crianças merecem não apenas os brinquedos mais divertidos no Dia das Crianças. Elas merecem também os brinquedos mais seguros e de melhor qualidade, pois muitas delas se machucam brincando por causa da irresponsabilidade dos fabricantes, que produzem brinquedos baratos, porém, de baixíssima qualidade. Por isso, preste atenção aos cuidados mencionados no artigo para comprar brinquedos e proteja as crianças que você tanto ama. Assim, elas ficarão muito felizes e você, tranquila e satisfeita com o fabricante e com a loja que te vendeu o produto.

Outros artigos

Picadas de insetos nos cães: como tratar

04/10/2013

Picadas de insetos nos cães: como tratar

Os cães são bastante brincalhões e adoram explorar locais inusitados e cheirar tudo o que encontram. O problema é que muitas vezes lugares como embaixo de caixas, bu...

O que é Rescisão Indireta?

04/05/2010

O que é Rescisão Indireta?

O que é rescisão indireta do contrato de trabalho? Olá, A rescisão indireta do contrato de trabalho, nada mais é do que o ato do empregado em dar pelo fim do con...

Olinda: pontos turísticos, atrações

09/04/2012

Olinda: pontos turísticos, atrações

Olinda é uma bela cidade localizada no estado de Pernambuco, e por ter sido fundada no ano de 1535, o município abriga muitas riquezas históricas, belas construç...