Cuidados necessários com o plano de saúde

De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), alguns fatores devem ser considerados na hora da contratação de um plano de saúde.…

De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), alguns fatores devem ser considerados na hora da contratação de um plano de saúde. Dentre eles está o prazo de carência, reajustes, coberturas e contratos. Saiba mais sobre os cuidados necessários com o plano de saúde.

É preciso tirar as dúvidas sobre as ofertas do plano de saúde. (Foto: divulgação)

Plano de saúde

Segundo dados da planilha de orçamento do Brasil, parte significativa dos gastos mensais é destinado à saúde, principalmente às despesas relacionadas aos planos de saúde. Atualmente, eles são indispensáveis, inclusive, para manter as finanças em dia, nos casos de emergências.

De acordo com ANS, no primeiro trimestre de 2012 foram contados 41,4 milhões de beneficiários em planos de assistência médica e 11,3 milhões de planos odontológicos exclusivos.

Os planos de saúde são essenciais para melhor atender a saúde dos pacientes. (Foto: divulgação)

Veja também planos de saúde baratos 

Cuidados necessários com o plano de saúde

1. Operadora: é importante analisar se a operadora está cadastrada na ANS e se o plano escolhido é registrado. A consulta pode ser feita pelo telefone ou através do site da ANS: www. ans.gov.br;

2. Plano: o plano escolhido deve atender as suas necessidades e expectativas. Sendo assim é importante saber a diferença entre os mesmos:

  • Plano referência: garante assistência ambulatorial, hospitalar e obstétrica no âmbito do território brasileiro, como padrões de acomodação na enfermaria;
  • Plano ambulatorial: contam com atendimentos de consultas, procedimentos diagnósticos e terapêuticos para que não seja necessária a internação hospitalar;
  • Plano hospitalar com obstetrícia: está incluso no plano com obstetrícia e procedimentos relacionados ao parto;
  • Plano hospitalar sem obstetrícia: inclui os atendimentos e procedimentos feitos durante a internação hospitalar, sem obstetrícia. Esse plano não possui cobertura ambulatorial;
  • Plano odontológico: conta com vários procedimentos odontológicos realizados nos consultórios.
Continuar Lendo  Manchas de esmalte escuro na unha: como remover

3.Prazo de carência: a carência é o período do qual o usuário não tem direito a cobertura. Geralmente, os prazos vão desde 24h até 180 dias;

4. Cobertura: avalie a cobertura do plano de saúde seja no município ou em todo o território nacional e internacional. Além disso, analise se a rede da operadora atende às suas necessidades especificas;

5. Preços: geralmente eles podem variar de acordo com a idade, cobertura, rede credenciada e locais abrangidos;

6. Contrato: leia atentamente todos os dados do contrato, fique de olho nos reajustes de preços.

É preciso saber os tratamentos que são inclusos no plano de saúde. (Foto: divulgação)

Veja também onde fazer reclamação do plano de saúde 

Os planos de saúde são essenciais para garantia da nossa saúde e também para evitar os descontroles financeiros nos casos de emergência. Entretanto eles devem ser avaliados antes da contratação para que atendam as necessidades do consumidor. Ter cuidados com o plano de saúde é indispensável para evitar problemas.

Top