Cuidados com os pés no inverno

As estações do ano mudam e com elas também as roupas. E com os pés não poderia ser diferente. De sandálias, chinelos e sapatos…

As estações do ano mudam e com elas também as roupas. E com os pés não poderia ser diferente. De sandálias, chinelos e sapatos abertos passamos a usar botas, cuturnos, enfim, todo o tipo de sapatos fechados e apertados, que não deixam os pés respirar. Com isso, os pés ficam úmidos podendo trazer micoses.

Junto com o inverno chegam os banhos quentes que aliados ao costume de vestir meias sem enxugar os pés, resultam em fungos e frieiras.

Então toda a atenção para os pés nesta época de inverno não seria exagero, uma vez que por estarem cobertos são esquecidos. Uma dica importante é usar meias de algodão e higienizar bem os pés após descalçar os sapatos.

È aconselhável hidratar os pés com cremes específicos todas as noites. São sugeridos os à base de maracujá, silicone, macadâmia, entre outros.

Dê um descanso para unhas pintadas, deixa-as sem esmalte. E lembre-se: não cutuque os cantinhos.

Outra opção é lavar os pés com água morna e sabonetes antibacterianos.

Fazer massagem com óleos e deixar os pés em altura elevadas, de preferência em cima de uma almofada, também ajudam a quem andou muito durante o dia.

Troque de meia todos os dias e areje o sapato usado, usando chinelos enquanto estiver em casa. Evite usar sapatos apertados demais.

Já as unhas encravadas são sempre um problema e doem muito. Geralmente acontece porque a unha foi mal cortada, mas existem aparelhos especializados que auxiliam no crescimento correto da unha, corrigindo sua curvatura.

Uma alternativa caseira de talco para os pés muito interessante é misturar uma colher (de sopa) de aveia, uma colher de chá de pedra hume em pó e uma colher de chá de cânfora em pó, para obter uma mistura que auxiliará na diminuição de odores desagradáveis.

Leia Também:  SulAmérica Saúde Online

Em caso de ser necessário tomar banho em um lugar que não seja a sua cara, opte por chinelos. Mas é recomendável evitar esse tipo de situação, bem como não usar toalhas de outras pessoas.

Beber bastante água, ainda que no inverno a vontade de fazer isso seja bem reduzida, também é uma forma eficiente de evitar inchaços. Nosso corpo precisa de água, e mesmo quem não gosta muito precisa se esforçar para obter benefícios para o organismo.

O uso de palmilhas ou protetores é uma dica indispensável para evitar calos, além do uso de hidratantes que também auxiliam nesses cuidados, como também no ressecamento da pele.

Esfoliar e lixar os pés tem como objetivo deixá-los mais finos e macios, e é sugerido que se faça uma vez por semana.

Cuidar dos pés não é só questão de aparência faz parte da higiene que é necessária em todas as áreas do corpo e não só nos pés. No inverno, os cuidados são dobrados por causa da tendência de não exibir os pés por conta do frio. Óleos, massagens, hidratantes, beber água, cuidar de calos e até mesmo evitar as frieiras e micoses são alguns dos cuidados que se deve ter para melhorar a saúde do seu pé que fica tão judiado nesta época do ano.

Top