Cuidados com o uso de roupas modeladoras

Antigamente as mulheres sofriam se apertando nos espartilhos extremamente justos. O objetivo era manter a cintura fina, contrastando com quadris largos e seios grandes.…

Antigamente as mulheres sofriam se apertando nos espartilhos extremamente justos. O objetivo era manter a cintura fina, contrastando com quadris largos e seios grandes. Os padrões de beleza mudaram um pouco, mas não há quem resista a uma cintura bem delineada. Porém, é preciso ter alguns cuidados na hora de usar das roupas modeladoras. Saiba mais sobre o assunto.

As roupas modeladoras devem ser usadas corretamente. (Foto: divulgação)

Uso de roupas modeladoras

Um antigo costume ainda é mantido por algumas mulheres, que usam as famosas cintas e roupas modeladoras. Algumas utilizam somente para esconder os pneuzinhos, quando o traje é mais justo e exige uma silhueta definida.

Há quem acredite no uso de cintas para reduzir medidas. Porém, especialistas afirmam que as roupas modeladoras não são capazes de diminuir a gordura na região comprimida. O uso de cinta elástica é indicado para quem se submeteu a uma cirurgia e não para quem deseja perder medidas.

As cintas e roupas modeladoras não possuem o poder de emagrecer, apenas disfarçam as medidas. Elas não queimam calorias e não oferecem nenhum impacto sobre as gorduras localizadas. Especialistas em dermatologia afirmam ainda, que não é recomendado o método para emagrecimento ou para modelar o contorno do corpo pois pode prejudicar a pele.

Perigos do uso exagerado

Quem possui o hábito de usar cintas, espartilhos e outras roupas modeladoras muito apertadas devem ficar atentos por que os problemas de saúde podem ser ocasionados pela utilização desse produto.

Os problemas de circulação e compressão de órgãos são muito comuns. As cintas muito apertadas podem machucar a pele, causar cicatrizes e obstruir a passagem de sangue no local, podendo favorecer o surgimento de má circulação e varizes. Além disso, a pessoa sente mais dificuldade para respirar.

As roupas modeladoras podem oferecer riscos para a saúde. (Foto: divulgação)

Cuidados com o uso de roupas modeladoras

As cintas modeladoras são indicadas somente para pós-operatórios, como nos casos de cirurgias do tipo abdominoplastia, cesárea, lipoaspiração e outras. Após esses procedimentos, o uso do produto ajuda na cicatrização e reforça a musculatura, aliviando o inchaço e impedindo sangramentos ou deslocamento da pele. Além disso, elas são recomendadas para casos de problemas posturais, principalmente durante a gravidez, evitando as dores provocadas pelo aumento do peso. 

Atualmente é possível encontrar no mercado vários tipos de roupas modeladoras, sendo mais indicadas as peças produzidas em microfibra e elastano. Devido ao uso de fios de última geração, elas proporcionam muito conforto. É importante saber escolher a cinta modeladora, uma dica é provar a peça antes de comprar, para analisar se proporciona conforto ou não. Não compre tamanhos menores do que você utiliza, pois além de ser desconfortável, também pode causar problemas de saúde.

As roupas modeladoras podem proporcionar alguns benefícios. (Foto: divulgação)

As roupas modeladoras são usadas por muitas mulheres com o intuito de definir a silhueta. Porém, elas devem ser usadas com cuidado para evitar que provoquem problemas de saúde. O ideal é usar somente sob orientação de um profissional ou em casos nos quais o uso não é constante.

Top