Cuidados com o sono do recém-nascido

Um sono tranquilo para a mãe e para o bebê, é o que todos os pais querem. O bebê até os dois meses dorme…

Um sono tranquilo para a mãe e para o bebê, é o que todos os pais querem. O bebê até os dois meses dorme bastante, cerca de 20 horas por dia, isso para ajudar no seu desenvolvimento e na maturação. Mas, como garantir que o filho está em segurança durante a noite de sono? Confira algumas dicas para o sono do recém-nascido.

Local do sono

O quarto da criança precisa ser um lugar arejado, próximo ao quarto dos pais e com iluminação normal: claro durante o dia e escuro à noite. Sim, o bebê precisa aprender a diferença entre dia e noite e por isso, mesmo que o recém-nascido  esteja dormindo durante o dia, não feche as cortinas do quarto.

Posição da criança na hora de dormir

Há campanhas para que os pais coloquem os filhos para dormir de barriga para cima, sempre! Os pés da criança devem fica encostados em um dos lados do berço como forma de proteção, se algo atrapalhar sua respiração, a criança irá chutar o berço como forma de pedir ajuda.

Cobertor para recém-nascido 

As fotos de crianças cheias de cobertores e roupinhas de frios são lindas, parece que elas estão aconchegantes e tranquilas, porém, não é para todas as regiões do Brasil que o uso de cobertores é recomendado. Se a mãe cobrir demais o recém-nascido, ele pode desidratar e pode aumentar o índice da morte súbita.

Dica: Cubra a criança com cobertor abaixo do pescoço e sempre preso nas partes do colchão, isso evita que ela se sufoque com o cobertor e não consiga respirar. Fique atento à temperatura da criança para não deixar muito quente.

Síndrome da morte súbita infantil

Entre dois e quatro meses há o maior índice de complicações no sono da criança, que pode levá-la a óbito. O índice da morte súbita, em que o fluxo de ar para, em crianças, pode ser reduzido em até 70% com ações e cuidados bem simples na hora de deixar o filho no berço. Algumas dicas são: use um colchão bem firme e resistente, prefira um berço sem decorações laterais e não utilize travesseiros.

Leia Também:  Depilação para pernas, dicas e cuidados

Não use travesseiros nem na cabeça nem ao lado do corpo da criança, que muito pequena não vai rolar pelo berço. O berço deve ter apenas o bebê e um cobertor! Se precisar elevar a área em que fica a cabecinha da criança, coloque o travesseiro embaixo do colchão, sem contato direto com o bebê, ou mesmo eleve o lado do berço que precisa ficar mais alto.

Os cuidados com o sono tranquilo do seu bebê vão deixá-lo crescer forte e saudável, com segurança de que sempre terá alguém por perto, para ajudar quando necessário.

Top