Cuidados após a doação de sangue: quais são

Cuidados após a doação de sangue: quais são

A doação de sangue é um ato muito rápido, seguro e pode ajudar a salvar uma vida. No entanto, durante a recuperação, é necessário…

Por Editorial MDT em 23/11/2012

A doação de sangue é um ato muito rápido, seguro e pode ajudar a salvar uma vida. No entanto, durante a recuperação, é necessário que o doador siga algumas orientações. Conheça abaixo quais são os cuidados após a doação de sangue.

Conheça algumas dicas para doar sangue e os requisitos.

A doação de sangue é um ato muito simples. (Foto: divulgação)

 Cuidados após a doação de sangue

O doador de sangue deve seguir as orientações dadas antes e depois o ato. Com o intuito de informar, separamos algumas dicas de cuidados que devem ser tomados após a doação de sangue.

  • Descanse por 10 minutos antes de se levantar e sair do local onde doou sangue;
  • Aceite o lanche oferecido ao final da doação;
  • Durante as primeiras 24 horas após o ato, beba bastante líquido. Isto ajudará o organismo a repor o volume perdido;
  • Evite subidas muito longas, assim como exercícios físicos que exijam muito esforço por, pelo menos, 12 horas. Essa atitude previne sangramentos e ainda colabora com a cicatrização do local. Além disso, permite que o organismo consiga se ajustar a perda de volume ocorrida durante a doação;
  • Deixe o curativo no local da punção por, pelo menos, 4 horas. Se por acaso você notar que o local voltou a sangrar, retire o curativo e aplique uma pressão na lesão por 2-5 minutos para estancar o sangue. Depois, troque o curativo e mantenha-o por mais 4 horas;

    Após a doação de sangue, beba bastante líquido. (Foto: divulgação)

  • Se após a doação, o doador sentir mal-estar, tontura, franqueza ou sensação de desmaio, ele deve sentar ou deitar no chão, de forma a elevar as pernas. Essas medidas evitam quedas da própria altura por aumentar a circulação de sangue na cabeça, colaborando com o alívio dos sintomas;
  • Evite a ingestão de bebidas alcoólicas;
  • Evite fumar nas primeiras 2 horas após a doação;
  • Não realize esforço físico exagerado por 12 horas, em especial, com o braço que foi utilizado para fazer a doação;
  • Se caso o doador estiver dirigindo e sentir mal-estar, encoste o carro imediatamente;
  • No caso de ocorrência de manifestações como febre, diarreia ou outro sintoma de doença infecciosa até os sete dias após a doação de sangue, comunique imediatamente o banco de sangue.

    Diante de mal-estar após a doação de sangue, procure sentar ou deitar no chão. (Foto: divulgação)

A doação de sangue é um ato muito simples e gratificante. Porém, é preciso seguir as orientações pré e pós doação, uma forma de evitar problemas possíveis. Após conhecer quais são os cuidados que se deve ter após a doação de sangue, basta seguí-los prevenir qualquer intercorrência.

Saiba mais sobre o dia mundial do doador de sangue.

Top