Cuidados ao maquiar os olhos

Um simples lápis, um batom, blush, rímel e sombras de cores diversas são essenciais a toda e qualquer maquiagem. Se as sombras possuem glitter,…

Um simples lápis, um batom, blush, rímel e sombras de cores diversas são essenciais a toda e qualquer maquiagem. Se as sombras possuem glitter, então exercem uma atração ainda maior sobre as mulheres. O make-up fica perfeito, os olhos são valorizados, principalmente com muito lápis e o brilho púrpuro das sombras. Tudo isso é belo, simples e inofensivo, certo? Errado!

Excesso de lápis pode prejudicar a saúde dos olhos

A maquiagem faz parte da rotina da grande maioria das mulheres. Pintar o rosto é um ato tão comum, que faz com que não se reflita sobre os perigos que podem rondar a saúde feminina; afinal, que mal isso pode causar? Parece algo tão inofensivo!

Saiba que não se trata de algo tão simples, assim. As maquiagens podem causar sérios problemas à mulher, especialmente patologias nos olhos. Muitos oftalmologistas alertam sobre os riscos do uso descuidado dos produtos de beleza. Com os itens utilizados na região dos olhos, os cuidados devem ser dobrados, pois tal região é extremamente sensível e suscetível ao ataque de bactérias.

Alguns problemas de olhos são comuns em mulheres, devido à maquiagem. Os mais conhecidos são a conjuntivite e a blefarite (espécie de infecção das pálpebras, causada pelo acúmulo de bactérias), além de irritações mais simples, que incomodam e são toleráveis, mas que podem se converter em casos mais sérios.

Saiba como tratar a conjuntivite: Conjuntivite alérgica: o que é, como tratar

Como proteger os olhos

Isso não quer dizer, é claro, que você não poderá mais usar os seus queridos lápis ou sombras.  O ideal seria não usar maquiagens, mas sabemos que isso não é possível. Não se trata apenas de uma questão de vaidade; muitas mulheres precisam usá-las diariamente. Portanto, o indicado é que você tome alguns cuidados ao maquiar os olhos. Assim, você continua bela e protege a saúde deste órgão tão importante à sua vida. Veja como é simples:

Continuar Lendo  Maquiagem: Acerte em Cheio

 

Olhos que lacrimejam demais podem ser um sinal de alergia

1-       Em primeiro lugar, nunca use maquiagens vencidas ou que estejam com aparência duvidosa. Especialmente o lápis e o rímel são itens que podem acumular bactérias e elas irão se instalar diretamente nos seus olhos. Dê preferência, então, a produtos novos e de qualidade, que tenham boa procedência. Para saber mais sobre a validade das maquiagens, leia a matéria Vida útil de cosméticos: informações.

2-       Ao passar o lápis, procure não exagerar. O excesso deste produto nas pálpebras  pode entupir os furinhos por onde saem as lágrimas; bactérias irão se acumular no local, causando irritações ou a temida blefarite. Prefira passar o lápis do lado de fora da pálpebra.

3-       Quando usar rímel, tenha muito cuidado. Não faça isso apressadamente ou em movimento. Se você errar, as cerdas do rímel podem ferir o cristalino do olho.

4-       Tenha cuidado com sombras que contenham glitter ou purpurina; elas podem cair nos olhos. Se isso acontecer, não os coce, muito menos esfregue. Lave imediatamente, com água fria.

5-       Nunca durma sem antes limpar seu rosto, principalmente os olhos. Utilize produtos adequados à limpeza (como os demaquilantes) ou sabonetes e até xampus neutros.

6-       Ao comprar lápis, sombras ou rímeis, prefira os hipoalergênicos. O mesmo vale para os demaquilantes.

7-       Nunca compartilhe seus itens de maquiagem para os olhos e evite usar os de outras pessoas. Isso pode favorecer o aparecimento de conjuntivites e outros problemas.

Olhos com blefarite

Se você notar qualquer irritação nos olhos, suspenda o uso de maquiagens e procure um oftalmologista. Não se pode brincar com a saúde.

Top